A Hora da Notícia

Alagoas já perdeu para a Covid-19 o equivalente à população do município de Pindoba

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on telegram
Share on whatsapp
PRESTAÇÃO DE CONTAS

FOTO: Divulgação

O número de mortes pela Covid-19 em Alagoas ultrapassou, nesta sexta-feira (19), o quantitativo que é equivalente a toda população do município de Pindoba, no interior do estado. Desde o início da pandemia do novo coronavírus, foram registrados 2.913 óbitos pela doença, enquanto Pindoba conta com 2.905 habitantes, conforme última estimativa do IBGE. Em outras palavras, é como se Alagoas tivesse perdido um município inteiro para o vírus.

De acordo com o boletim epidemiológico divulgado pela Secretaria de Estado de Saúde (Sesau) nesta sexta, do total de 127.341 casos confirmados da doença em Alagoas, 84 foram de pessoas que residem em Pindoba, sendo que uma delas não resistiu e entrou em óbito.

As mortes provocadas pelo vírus continuam acontecendo todos os dias e, de acordo com o Observatório Alagoano de Políticas Públicas para o Enfrentamento da Covid-19, da Universidade Federal de Alagoas (Ufal), a situação no interior do estado é bastante preocupante, tendo em vista que a ocupação de leitos por lá tem ultrapassado, nas últimas semanas, a margem de segurança.

A cidade do interior com mais casos da doença e também mortes é Arapiraca (15.990 registros e 218 óbitos). Marechal Deodoro é o segundo com maior número de casos (3.550) e Rio Largo o segundo com mais óbitos (77 no total).

Pindoba é o município alagoano com o menor número de habitantes. No último censo realizado pelo IBGE, em 2010, esse número era de 2.866 pessoas e a estimativa do Instituto para 2020 era de 2.905 moradores. A cidade figura entre as que registraram somente um óbito pelo coronavírus. Junto com ela, estão os municípios de Jacaré dos Homens, Jaramataia, Mar Vermelho e Pariconha. Dos 102 municípios, São Brás é o único que ainda não teve morte por Covid até o momento.

fonte: Gazetaweb

Compartilhe essa informação

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest
Share on telegram
Telegram
Share on whatsapp
WhatsApp

Notícias Relacionadas

Comente