A Hora da Notícia

Alagoas registra 518 novos casos e mais 20 mortes por Covid-19 em 24h

Alagoas registra 518 novos casos e mais 20 mortes por Covid-19 em 24h
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on telegram
Share on whatsapp
PRESTAÇÃO DE CONTAS

Em relação as oito vítimas que residiam no interior do estado, cinco eram homens foto: Assessoria

Alagoas teve mais 518 casos confirmados e 20 mortes por Covid-19 nas últimas horas. O estado tem, oficialmente, 169.265 infectados e 4.074 óbitos, como aponta o boletim epidemiológico da Secretaria de Estado da Saúde (Sesau). Há 161,4 mil pacientes que finalizaram o período de isolamento e 9,4 mil estão em investigação laboratorial.


As vítimas que não resistiram à Covid tinham entre 35 e 101 anos. Segundo a Sesau, dos 4.066 óbitos de pessoas residentes em Alagoas, 2.271 eram homens e 1.795 mulheres. Mais de 1,8 mil pessoas residiam em Maceió e 2,1 mil moravam no interior.

Das 20 mortes confirmadas, 12 vítimas residiam na capital e oito eram do interior. As vítimas da capital eram cinco homens, além de sete mulheres. “O homem de 49 anos era diabético, hipertenso e morreu no Hospital da Unimed Maceió; o homem de 64 anos era diabético e morreu no Hospital da Mulher (HM), em Maceió; o primeiro homem de 67 anos não tinha comorbidades e morreu no Hospital Metropolitano de Alagoas (HMA), em Maceió; o segundo homem de 67 anos também não tinha comorbidades e morreu no Hospital Metropolitano de Alagoas (HMA), em Maceió; o homem de 77 anos tinha doença cardiovascular crônica, obesidade, pneumopatia crônica e morreu na Santa Casa de Maceió”, informa a Sesau.

Segundo o boletim epidemiológico, a mulher de 52 anos era hipertensa e morreu no Hospital da Unimed Maceió; a idosa de 61 anos não tinha comorbidades e morreu no Hospital Metropolitano de Alagoas (HMA), em Maceió; a mulher de 65 anos era diabética, hipertensa e morreu no Hospital da Unimed Maceió; a primeira mulher de 81 anos era hipertensa, diabética e morreu no Hospital Geral do Estado (HGE), em Maceió; a segunda mulher de 81 anos era diabética, hipertensa, tinha doença neurológica crônica e morreu no Hospital Arthur Ramos, em Maceió; a mulher de 88 anos era diabética, hipertensa, tinha doença respiratória crônica e morreu na Santa Casa de Maceió; e a mulher de 101 anos tinha diabetes e morreu no Hospital Metropolitano de Alagoas (HMA), em Maceió.
Em relação as oito vítimas que residiam no interior do Estado, eram cinco homens de 35, 50, 54, 58 e 75 anos, além de três mulheres de 58, 60 e 70 anos. O homem de 35 anos, morava em Murici, não tinha comorbidades e morreu no Hospital da Mulher (HM), em Maceió; o homem de 50 anos, residia em Japaratinga, não tinha comorbidades e morreu no Hospital Regional do Norte (HRN), em Porto Calvo; o homem de 54 anos, residia em Maravilha, era hipertenso, diabético e morreu no Hospital Chama, em Arapiraca; o homem de 58 anos, morava em São Sebastião, não tinha comorbidades e morreu no Hospital de Emergência do Agreste (HEA), em Arapiraca; o homem de 75 anos, residia em Campo Alegre, era diabético, hipertenso e morreu no Hospital Chama, em Arapiraca; a mulher de 58 anos, morava em Flexeiras, tinha hipertensão e morreu no Hospital Metropolitano de Alagoas (HMA), em Maceió; a mulher de 60 anos, morava em Novo Lino, era diabética, hipertensa e morreu no Hospital da Mulher (HM), em Maceió; e a mulher de 70 anos, residia em Coruripe, era hipertensa e morreu no Hospital Carvalho Beltrão, em Coruripe.

fonte: Gazetaweb

Compartilhe essa informação

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest
Share on telegram
Telegram
Share on whatsapp
WhatsApp

Notícias Relacionadas

Comente