A Hora da Notícia

Alagoas registra mais 586 novos casos de Covid-19

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on telegram
Share on whatsapp
PRESTAÇÃO DE CONTAS

DIVULGAÇÃO

Alagoas registrou mais 586 casos de Covid-19 e 18 mortes pela doença em 24 horas, conforme Boletim Epidemiológico divulgado neste sábado (22), pela Secretaria de Estado da Saúde (Sesau). O estado já registrou 188.062 casos e 4.589 óbitos pela doença. Atualmente, 3.397 estão em isolamento domiciliar e outros 179.304 pacientes já finalizaram o período de isolamento, não apresentam mais sintomas e, portanto, estão recuperados da doença. Há, ainda, 15.360 casos em investigação laboratorial.

De acordo com o boletim, mais 18 mortes foram confirmadas, laboratorialmente, por causa do novo coronavírus, sendo oito vítimas da capital alagoana e dez do interior do Estado. As vítimas de Maceió eram seis homens de 48, 50, 66, 68, 72 e 74 anos, além de duas mulheres de 39 e 54 anos. O homem de 48 anos era diabético e morreu no Hospital Geral do Estado (HGE), em Maceió; o homem de 50 anos era hipertenso e morreu na Santa Casa, em Maceió; o homem de 66 anos era diabético e morreu no Hospital Veredas, em Maceió; o homem de 68 anos não tinha comorbidades e morreu no Hospital Geral do Estado (HGE), em Maceió; o homem de 72 anos era hipertenso, tinha câncer de próstata e morreu no Hospital Universitário (HU), em Maceió; o homem de 74 anos era hipertenso, diabético, tinha Parkinson e morreu na Santa Casa, em Maceió; a mulher de 39 anos não tinha comorbidades e morreu no Hospital Maceió, em Maceió; e a mulher de 54 anos era tabagista e morreu no Hospital da Mulher (HM), em Maceió.

Em relação às dez vítimas que residiam no interior do Estado, eram sete homens de 35, 53, 58, 63, 65, 66 e 86 anos, além de três mulheres de 46, 62 e 70 anos. O homem de 35 anos, morava em Craíbas, não tinha comorbidades e morreu no Hospital de Emergência do Agreste (HEA), em Arapiraca; o homem de 53 anos era de Arapiraca, tinha diabetes e morreu também no Hospital de Emergência do Agreste (HEA), em Arapiraca; o homem de 58 anos, era de Arapiraca, tinha diabetes e morreu no Hospital Chama, em Arapiraca; o homem de 63 anos, residia em Viçosa, não tinha comorbidades e morreu no Hospital de Emergência do Agreste (HEA), em Arapiraca; o homem de 65 anos, era de Craíbas, tinha hipertensão, diabetes e morreu no Hospital de Emergência do Agreste (HEA), em Arapiraca; o homem de 66 anos, era de Penedo, não tinha comorbidades e morreu no Hospital Chama, em Arapiraca; o homem de 86 anos, morava também em Penedo, tinha doença cardiovascular crônica e morreu na Santa Casa, em Penedo; a mulher de 46 anos, morava em Arapiraca, tinha doença respiratória crônica e morreu no Hospital de Emergência do Agreste (HEA), em Arapiraca; a mulher de 62 anos, morava em Porto de Pedras, tinha sequelas de um Acidente Vascular Cerebral (AVC) e morreu no Hospital Chama, em Arapiraca; e a mulher de 70 anos, morava em Penedo, tinha doença respiratória crônica e morreu na Santa Casa, em Penedo.Em relação às vítimas que residiam no interior do Estado, eram duas mulheres de 67 e 72 anos e dois homens de 47 e 72 anos.

Dos 1.421 leitos criados pela Secretaria de Estado da Saúde (Sesau) para atender, exclusivamente, pacientes com suspeita e confirmação de infecção pelo novo coronavírus, 804 estavam ocupados até às 16 horas da sexta-feira (21/05), o que corresponde a 57% do total. Atualmente, 310 pacientes estão em leitos de UTI, 14 ocupando leitos intermediários e 472 em leitos de enfermaria. Para acompanhar a evolução da ocupação dos leitos exclusivos para Covid-19, acesse http://www.alagoascontraocoronavirus.al.gov.br/

fonte: Gazetaweb

Compartilhe essa informação

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest
Share on telegram
Telegram
Share on whatsapp
WhatsApp

Notícias Relacionadas

Comente