A Hora da Notícia

Após mobilização de Collor, Arthur Lira diz que vai pautar PEC que garante piso salarial para agentes de Saúde e Endemias

Teste Banner Anuncio Titulo Post

Câmara dos Deputados

Após solicitação do senador Collor (PROS), o presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira (PP), recebeu, na manhã desta terça-feira (14), integrantes da Confederação Nacional dos Agentes Comunitários de Saúde e de Endemias, formada por trabalhadores de diversas cidades de Alagoas e do Brasil. No encontro com Lira, Collor defendeu aprovação da PEC nº 22, de 2011, que fixa o piso salarial dos agentes em, no mínimo, dois salários-mínimos e ainda o incremento de recursos federais no Orçamento de 2022 para a correção das remunerações.

De acordo com Collor, o saldo da reunião foi positivo e, diante do que foi mostrado ao presidente da Câmara, firmou-se o compromisso de colocar os temas importantes para os agentes em votação na Câmara, no próximo mês de março, quando se inicia o trabalho legislativo do ano de 2022.

“A sensibilidade do presidente Arthur Lira foi fundamental. Ele recebeu muito bem as demandas dos agentes e prometeu colocar em março a votação da PEC. Foi um grande momento em reconhecimento ao trabalho que os agentes realizam no Brasil”, expôs Collor.

Como presidente da República, Collor implantou o Sistema Único de Saúde (SUS) e criou o Programa Nacional de Agentes Comunitários de Saúde (PNACS), em 1991. – Foto: Divulgação

Durante a reunião, os agentes recordaram que Collor, como presidente da República, implantou o Sistema Único de Saúde (SUS) e criou o Programa Nacional de Agentes Comunitários de Saúde (PNACS), em 1991. O senador destacou que assegurou, lá atrás, o direito à saúde de todos os brasileiros. “Os agentes comunitários sabem que podem contar com a força e a determinação do nosso trabalho”, frisou o senador.

Para Lira, pautar os temas de interesse dos agentes é um reconhecimento ao trabalho que realizam em todo o País. “Vamos pautar para março a PEC 22. É um compromisso nosso valorizar os agentes comunitários de saúde e os de endemia, fundamentais para que a saúde pública funcione”, expressou o presidente da Câmara.

O presidente do Sindicato dos Agentes Comunitários de Saúde e Agentes de Combate às Endemias da Região Metropolitana do Agreste de Alagoas (Sindagreste), Jader Albuquerque, classificou a reunião como positiva. Jader disse ainda que a articulação de Collor foi importante, além da atenção prestada pelo deputado Arthur Lira, diante das solicitações apresentadas pelos servidores.

fonte: Gazetaweb

Compartilhe essa informação

Facebook
Twitter
LinkedIn
Pinterest
Telegram
WhatsApp

Notícias Relacionadas

Comente