A Hora da Notícia

Buscando a primeira vitória na Série B, CSA recebe o Sampaio Corrêa

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on telegram
Share on whatsapp
PRESTAÇÃO DE CONTAS

Ailton Cruz

Depois de estrear com uma derrota nesta Série B, o CSA agora busca seus primeiros pontos, neste sábado (5), quando recebe o Sampaio Corrêa, às 16h30, no Rei Pelé. Pelo lado dos maranhenses, este jogo também serve como recuperação, após empate em casa na 1ª rodada.https://89960b4cc98dfb5e59898ed997ff5e25.safeframe.googlesyndication.com/safeframe/1-0-38/html/container.html

Com uma atuação muito ruim no Recife, o Azulão foi derrotado, por 1 a 0, pelo Náutico, na abertura do Brasileirão. Com uma semana cheia para treinar, o técnico Bruno Pivetti teve tempo para arrumar o time e testar novas peças, para aumentar o poder ofensivo da equipe, que pouco incomodou o Timbu. O CSA é o 17º colocado, sem nenhum ponto somado.

A Bolívia Querida também encara este jogo como uma nova chance, após um início ruim. Campeão maranhense, ficou no 0 a 0 em casa, contra o Goiás, na primeira rodada, e não deu sequência ao bom momento que vivia pós-título. Ocupa a 12ª posição na tabela, com um ponto.

CSA

A derrota para o Náutico na estreia fez o clima pesar no clube. Após o jogo, o presidente Rafael Tenório cobrou aos jogadores pela exibição ruim e foi ao mercado para reforçar o elenco. O lateral esquerdo Kevyn foi, finalmente, anunciado após litígio do jogador com o Timbu. Já para o meio, a diretoria está muito perto de fechar com o meia Marcinho, do Cruzeiro.

Dellatorre ainda não tem presença garantida no jogo de sexta – Foto: ASCOM CSA

Pivetti terá reforços caseiro e de fora, para a segunda rodada. Kevyn, recém-contratado, foi regularizado e pode ficar à disposição, mas, como não joga desde janeiro, não será titular. Já o reforço caseiro é o artilheiro do time nesta temporada: Dellatorre, que ficou de fora do jogo de volta da final do Alagoano e do duelo contra o Náutico, está recuperado das dores nas costas, treinou com o elenco e deverá começar a partida no banco.

Quem também volta ao time é Gabriel, poupado na partida passada, por desgaste. Por outro lado, quem deverá continuar de fora do time é o meia Bruno Mota, ainda recuperando-se de uma pancada nas costas.

O provável time do CSA é: Thiago Rodrigues; Norberto, Lucão, Matheus Felipe e Vitor Costa; Geovane, Gabriel e Nadson; Silvinho, Marco Túlio e Iury.

SAMPAIO CORRÊA

Após o empate de 0 a 0 com o Goiás, o Sampaio quer arrancar pontos do CSA fora de casa. Para isso, porém, terá alguns desfalques. Tendo testado positivo para Covid-19, o volante Ferreira fica de fora. Já o atacante Roney começou a partida contra o Esmeraldino, mas foi substituído ainda no primeiro tempo. Foi detectada uma lesão na coxa direita que o deixará de fora por até três semanas.

Roney foi titular contra o Goiás, mas saiu machucado – Foto: Divulgação / Sampaio

Com essas baixas, Mauro Silva deve continuar no lugar de Ferreira, como foi na última rodada. No ataque, Jajá foi o substituto de Roney no Castelão e deve ser mantido no time. Quem poderá fazer sua estreia é o zagueiro Nilson Júnior, que teve seu nome publicado no BID da CBF.

O provável time da Bolívia Querida é: Mota; Watson, Joécio, Victor Oliveira (Nilson Júnior) e Zé Mário; André Luiz, Mauro Silva e Eloir (Daniel Costa); Pimentinha, Ciel e Jajá.

ARBITRAGEM

O trio de arbitragem é da Federação Pernambucana de Futebol. Diego Fernando Silva de Lima (CBF) será o dono do apito, sendo auxiliado por Ricardo Bezerra Chianca (CBF) e Francisco Chaves Bezerra Junior (CBF). O alagoano Rafael Carlos Salgueiro Lima (CBF) será o quarto árbitro.

fonte: Gazetaweb

Compartilhe essa informação

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest
Share on telegram
Telegram
Share on whatsapp
WhatsApp

Notícias Relacionadas

Comente