A Hora da Notícia

Cabo Bebeto questiona novo decreto e sugere que trabalhadores deixem a cópia dos boletos no Palácio do Governo

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on telegram
Share on whatsapp
PRESTAÇÃO DE CONTAS

Crédito da foto: Vinicius Firmino/ALE Cabo Bebeto

O deputado estadual Cabo Bebeto usou seu perfil numa rede social, na noite deste domingo, dia 07, para comentar o novo decreto de isolamento social anunciado pelo governo do estado, que colocou Agreste e Sertão na Fase Vermelha e as outras regiões na Fase Laranja.

O parlamentar iniciou sua fala pontuando que as decisões são tomadas sem ouvir o que a população.  

A respeito do questionamento feito por um jornalista, na coletiva realizada na quinta-feira, dia 04, quando lançou o decreto da Fase Amarela, sobre que tipo de ajuda financeira o governo de Alagoas teria para a população, Renan Filho se limitou apenas em dizer que o trâmite estava na esfera federal. “Ou seja, mais uma vez decidiu fechar estabelecimentos, aumentar as restrições e não vai fazer nada, deixando a conta para o governo federal”, disse o deputado.

Cabo Bebeto lamentou a suspensão das cirurgias eletivas e recordou as etapas recomendadas anteriormente, que foram “fique em casa até prepararmos o Sistema Único de Saúde (SUS), em seguida foi fique em casa para achatarmos a curva, em seguida foi até a vacina ficar pronta e agora nos deparamos de novamente com o tal novo normal”.

Considerando a redução do transporte coletivo público e apesar da diminuição dos horários de funcionamento de muitos segmentos, vai haver mais pessoas nas paradas de ônibus e consequentemente dentro dos veículos, observou o deputado, sugerindo, mais uma vez, a utilização dos ônibus escolares que estão parados no estacionamento do Centro Educacional de Pesquisa Aplicada (Cepa) e poderiam servir à população.

O deputado também falou sobre a cobrança feita ao governo do estado pedindo a reativação do Hospital de Campanha Dr. Celso Tavares.

O cenário que se visualiza é o fechamento de muitas empresas e de famílias passando fome. Porém, “os comerciantes precisam reagir, pois só é manobrado quem quer, e eu sozinho não vou conseguir”, alertou Cabo Bebeto.

O deputado comentou, inclusive, sobre o mau comportamento de alguns donos de bares que estavam funcionando com os estabelecimentos lotados, enquanto outros respeitaram as medidas de isolamento social e, agora, todos foram punidos.

Cabo Bebeto recomendou que os trabalhadores tirem uma cópia dos boletos e deixem na porta do Palácio de Governo para que o chefe do executivo efetue o pagamento.

O deputado encerrou sua publicação defendendo o tratamento precoce contra a Covid-19 e concluiu que a pandemia no país está sendo tratada com “politicagem”.

fonte: cadaminuto.com.br/noticia

Compartilhe essa informação

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest
Share on telegram
Telegram
Share on whatsapp
WhatsApp

Notícias Relacionadas

Comente