A Hora da Notícia

Cabo Bebeto sugere criação de grupo de policiais não-binários

Teste Banner Anuncio Titulo Post

Cabo Bebeto sugere criação de grupo de policiais não-binários

O deputado estadual Cabo Bebeto sugeriu, nesta quinta-feira, 7, a criação de grupo de policiais não-binários no Rio de Janeiro. O não-binarismo é um termo “guarda-chuva” que abrange pessoas que não se consideram nem homem e nem mulher. 

Bebeto usou a palavra no plenário para comentar a aprovação da inclusão do gênero não-binário na identificação do sexo para a emissão da carteira de identidade, no estado fluminense. Segundo o parlamentar, a nova medida pode prejudicar as operações policiais.

Ele questionou como deve ser a ação de policiais numa blitz quando e se depararem com um cidadão que pode “optar” no momento de uma revista se é homem ou mulher. “Minha sugestão é que a Polícia Militar do RJ crie um grupo de policiais ‘não-binárie’ e assim a sociedade será defendida, independente do sexo do suspeito”, disse.

“Infelizmente essas coisas são criadas para polemizar e quem perde com isso é a sociedade. Há muitas coisas boas para se discutir, para evoluir”, concluiu o deputado.

Crítica

Ainda segundo o parlamentar, a “desculpa” de inclusão de transexuais, por exemplo, no esporte tem prejudicado grandes desportistas femininas que treinam, se dedicam e quando concorrem com homens trans, a depender da modalidade esportiva, têm desvantagens. “A natureza tem que ser respeitada”, defendeu.

Fonte – Extra

fonte: politicaalagoana

Compartilhe essa informação

Facebook
Twitter
LinkedIn
Pinterest
Telegram
WhatsApp

Notícias Relacionadas

Comente