A Hora da Notícia

Cabo sobre fase atual do CRB: ‘Está se repaginando dentro da temporada’

Teste Banner Anuncio Titulo Post

Francisco Cedrim/Ascom CRB

Nesta quinta (17), o treinador Marcelo Cabo concedeu entrevista à imprensa e fez um resumo da avaliação do rendimento do CRB até agora. Consciente de que a equipe ainda não está na melhor fase em 2022, o técnico reiterou a importância de o clube ter conseguido uma semana livre para trabalhar. O Galo enfrentou uma sequência de jogos intensa neste mês de março. Foram 5 partidas em 10 dias, onde a equipe grená venceu duas e perdeu em três oportunidades.

“É uma semana que a gente buscou recuperar os atletas dessa maratona de jogos. O primeiro passo foi recuperar os atletas da melhor maneira possível, dessa sequência de jogos, de viagens. Depois, continuamos dando ênfase ao trabalho físico. E a gente já vê uma melhora acentuada na parte física”, disse.

Até o momento, o time disputou cinco jogos em menos de 15 dias, pela Copa do Brasil, Nordestão e Alagoano, sem contar Copa Alagoas, já eliminado nesta quinta para o Cruzeiro. Um dos atletas que caiu de rendimento no grupo principal foi o meia Diego Torres. E Cabo fez questão de ressaltar que o Galo precisa evoluir na parte física, técnica e tática.

“Nós ficamos devendo muito no estadual, mas não vivemos um momento fácil. Então, é preciso entender o que CRB está se repaginando dentro da temporada. A gente paga um preço de não ter ainda aquilo que eu quero de jogadores à disposição, aquilo que eu penso de time ideal, de atletas na sua melhor forma”, destacou.

Neste sábado, o Regatas tem mais um duelo fora de casa, contra o Fortaleza, às 17h45, no Estádio Rei Pelé, pelo Nordestão. Depois, joga no dia 22 ou 23 pelas quartas de final da Copa do Nordeste, em duelo eliminatório.

Outro entrevistado durante essa semana, foi o lateral-direito Raul Prata, que ao ser perguntado sobre a ida para enfrentar o Leão, na Arena Castelão, o atleta disse:

É um adversário muito difícil, né? Como você falou, o Fortaleza vem fazendo bons campeonatos faz algum tempo já, não é de agora, não é só nesse ano né. Então, essa essa invencibilidade deles nesse ano, como melhor equipe, que vem jogando série A, não é à toa. Tem o mesmo treinador, basicamente a mesma equipe do ano passado, então, vamos enfrentar um adversário muito bom, talvez aí um dos cinco melhores do Brasil hoje, ao meu ver é isso, é uma equipe muito qualificada. Só que, a nossa equipe também tem jogadores experientes, um bom time, que tem condições de jogar lá, de igual para igual e vencer a partida. Então a nossa equipe está bem, bem consciente né, do adversário que é, mas, também temos confiança no nosso plantel, no nosso elenco, que podemos fazer um grande jogo lá”. E completou a resposta, falando um pouco mais sobre o terceiro clássico do ano, que será realizado na semifinal do Campeonato Estadual, contra o maior rival azulino, o CRB: “E depois em sequência, na semifinal do alagoano, contra um rival, um adversário forte também, que vem bem os campeonatos que vem disputando, mas a nossa equipe é uma equipe muito boa, um elenco muito bom e tem tudo para dar certo e evoluir nesse momento.”

Prata conversou com a imprensa também sobre um detalhe importante para o Galo da Praia, que é a falta de suporte da torcida regatiana neste momento conturbado do futebol do CRB, e sobre a mudança de paradigmas que o clube terá, se caso vença o Fortaleza, o lateral disse:

“Pode, mas assim, é um começo, começo de trabalho, onde a equipe não repetiu escalação, acho que em nenhum jogo em sequência, então foram muito jogos, muitas equipes, né, mudando e jogando dois, três campeonatos ao mesmo tempo, como foi o nosso caso e isso requer um tempo, para o time ganhar um entrosamento. E até repetir a escalação, até repetir a escalação ajuda muito, coisa que a gente não conseguiu fazer ainda, então leva um tempo para equipe evoluir, entrosar, mas tenho certeza que com elenco que a gente tem, tudo para dar certo. Num ano que vai ser muito difícil né? Não só nos campeonatos e agora mas também na série B, mas sei que a nossa equipe tem qualidade e tem espaço para evoluir muito como equipe e eu acredito muito nisso.”

Neste sábado, o Regatas tem mais um duelo fora de casa, contra o Fortaleza, às 17h45, no Estádio Rei Pelé, pelo Nordestão. Depois, joga no dia 22 ou 23 pelas quartas de final da Copa do Nordeste, em duelo eliminatório.

fonte: Gazetaweb

Compartilhe essa informação

Facebook
Twitter
LinkedIn
Pinterest
Telegram
WhatsApp

Notícias Relacionadas

Comente