A Hora da Notícia

Com esperança renovada, público lota orla de Maceió e assiste espetáculo da queima de fogos

Cópia de sua marca aqui (2)
BANNER-ANUNCIO-AHORADANOTICIA-JAND (1)

Ailton Cruz

As praias de Maceió ficaram lotadas de turistas e alagoanos que se reuniram para celebrar a chegada de 2022. Quem foi à orla marítima encontrou muitas cores e luzes. A queima de fogos aconteceu na Praia de Ponta Verde e em outros pontos da capital.

Este ano, quem foi a orla contou que estar na praia ganhou um significado especial e cheio de esperança. Isso porque, segundo os relatos, ano passado as praias estavam fechadas devido aos momentos difíceis da pandemia de Covid-19.https://www.youtube.com/embed/atub_p06j6w?ecver=1&iv_load_policy=3&rel=0&showinfo=0&yt%3Astretch=16%3A9&autohide=1&color=red&width=560&%3Bwidth=560

Marta e os amigos de Brasília – Foto: Ailton Cruz

De 2020 para 2021, a essa hora, a brasiliense e neuropsicóloga Marta Batista estava internada lutando para respirar em uma Unidade Intensiva de Tratamento (UTI). Para agradecer, durante a virada do ano, ela decidiu viajar com os amigos para Maceió.

“Ano passado estava lutando para viver, para respirar. Estar aqui hoje, com pessoas que eu amo, é uma dádiva, maravilhoso. Foram 12 dias na UTI. Depois, eu tive a oportunidade de trabalhar no hospital de campanha em Brasília, com pessoas que estavam passando pelo que passei”, disse Marta.

A neuropsicóloga trabalhou por três meses ajudando pessoas internadas na UTI do hospital. “Ajudava a diminuir a ansiedade, a ter mais calma diante da internação. Além de especialista, eu passei pela mesma situação”.

Jean Rivisson e os amigos – Foto: Ailton cruz

Uma das que vestiu branco e foi até a Ponta Verde foi a professora de História Elizabeth Ferreira, que saiu da cidade de Inajá, interior de Pernambuco. Além dela, outras cinco amigas vieram para a capital alagoana.

“Decidimos passar em Maceió e tivemos um mês para organizar a viagem. Estamos hospedadas em um hotel, mas tudo foi organização, porque queremos que 2022 seja de muito progresso, 2021 foi transformador”, pontuou a professora.

Mesmo com as dificuldades, Elizabeth estava animada com as novas oportunidades que 2022 vem trazendo.

Para agradecer e pedir bençãos para o ano novo, o jornalista Jean Rivisson também reuniu um grupo de amigos de Alagoas e de Pernambuco na Praia da Ponta Verde.

“São mais de 10 amigos. Cada um trouxe uma bebida e uma coisinha para comer, para celebrarmos o ano novo. Um ano que, provavelmente, será complicado devido à pandemia, que não acabou, e ao novo vírus que surgiu, mas desejo muitas transformações para a saúde do Estado, do Brasil e do mundo”, pontuou Jean.

Orla de Maceió ficou lotada durante espetáculo de queima de fogos – Foto: Ailton Cruz

Queima de fogos na orla de Maceió reuniu centenas de pessoas – Foto: Ailton Cruz

fonte: Gazetaweb

Compartilhe essa informação

Facebook
Twitter
LinkedIn
Pinterest
Telegram
WhatsApp

Notícias Relacionadas

Comente