A Hora da Notícia

Começa nesta sexta-feira a Campanha Nacional de Multivacinação para crianças e adolescentes

Cópia de sua marca aqui (2)
BANNER-ANUNCIO-AHORADANOTICIA-JAND (1)

EFE/Fernando Bizerra Jr.

Começa nesta sexta-feira, 1º, a Campanha Nacional de Multivacinação com o objetivo de atualizar a carteirinha de crianças e adolescentes menores de 15 anos. Até o dia 29 de outubro, 48 mil salas de vacinação estarão prontas para imunizar os menores. Serão oferecidos 18 tipos de imunizantes diferentes. Segundo o secretário de Vigilância em Saúde do Ministério da Saúde, Arnaldo Medeiros, a atualização da carteirinha pode ser feita junto com a aplicação da dose contra a Covid-19 em maiores de 12 anos. “Não existe nenhum problema de coadministração da vacina da Covid-19 com as outras vacinas do calendário de vacinação. Isso foi acordado bem com Cetai [Câmara Técnica Assessora de Imunização Covid-19], de modo que não há nenhum problema com relação a essa vacinação. Portanto confie plenamente na Unidade Básica de Saúde na qual você vai levar o seu filho”, enfatiza Medeiros.

Desde 2015, a cobertura vacinal de crianças e adolescentes tem diminuído em todo o país e a pandemia do coronavírus contribuiu para a piora deste cenário. No ano passado a vacina da hepatite B alcançou apenas 63% do público alvo. A tríplice viral que protege contra sarampo, rubéola e caxumba conseguiu ser aplicada em apenas 79,5% do público esperado na primeira dose e somente em 62,7 na segunda. O ideal seria que esses números ficassem em, pelo menos, 90%. O secretário de Atenção Primária à Saúde do Ministério da Saúde, Raphael Câmara, reforçou a importância de imunizar crianças e adolescentes contra o sarampo, que passou a ter incidência de casos no país nos últimos anos. “O sarampo tem um grau de infecção do que Covid. Se você não tiver 95% da população vacinada, você vai ter surto. Cada pessoa com sarampo passa para 18. Tem que ser vacinado, são doenças com extrema letalidade, de 15% a 20%. Dependendo da idade e da situação, 30%. A febre tem taxa de 50%. São doenças que realmente matam”, explicou Câmara. No dia 16 de outubro, será realizado o “Dia D”, o que significa que todos os postos e Unidades Básicas de Saúde estarão abertos para estimular a vacinação e dar mais oportunidade de horários para que pais e responsáveis levem suas crianças e adolescentes.

*Com informações da repórter Paola Cuenca

fonte: jovempan.com.br

Compartilhe essa informação

Facebook
Twitter
LinkedIn
Pinterest
Telegram
WhatsApp

Notícias Relacionadas

Comente