A Hora da Notícia

Conselhos inspecionam estrutura da Maternidade Nossa Senhora de Fátima

Cópia de sua marca aqui (2)
BANNER-ANUNCIO-AHORADANOTICIA-JAND (2)

CORTESIA

Após inúmeras denúncias contra a Maternidade Nossa Senhora de Fátima, em Maceió, os Conselhos Regional de Medicina (Cremal), de Enfermagem (Coren/AL) e Estadual de Defesa dos Direitos Humanos (CEDDH) fizeram uma inspeção para apurar às condições estruturais da unidade de saúde.

De acordo com o presidente do Conselho Estadual de Defesa dos Direitos Humanos, Magno Alexandre Moura foram observados as escalas dos profissionais e a estrutura do local.

“A questão do aspecto físico e de objetos que guarnecem a maternidade precisam ser trocados ou reparados porque favorecem a proliferação de fungos, bactérias, ou seja de infecções”, disse Magno Alexandre.

A comitiva pretende fazer questionamentos á Secretaria de Estado da Saúde (Sesau), a exemplo do motivo da maternidade do Hospital da Mulher ainda estar funcionando na localidade. Além disso, um relatório com as irregularidades encontradas na estrutura devem ser enviado à Sesau.

“Observamos os aspectos físicos que precisam melhorar. Com isso, faremos algumas recomendações para a Sesau. Estamos buscando um parto mais humano, uma preocupação maior com o outro”, completou o presidente do CEDDH.

No local, apesar das denúncias anteriores, a comitiva não encontrou relatos de irregularidades. “O relatório será feito pelos Conselhos de Medicina e de Enfermagem, sendo direcionado para o Conselho de Direitos Humanos e, assim, sendo necessário encaminhado ao Ministério Público do Estado, para que as medidas sejam adotadas”.

Espaços da Maternidade Nossa Senhora de Fátima – Foto: Cortesia à Gazetaweb

FONTE: GAZETAWEB

Compartilhe essa informação

Facebook
Twitter
LinkedIn
Pinterest
Telegram
WhatsApp

Notícias Relacionadas

Comente