A Hora da Notícia

Covid-19: vacina da Pfizer deve chegar em Alagoas na próxima segunda

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on telegram
Share on whatsapp
prefeitura junho

Reuters/Direitos Reservados

Com a chegada da vacina Pfizer no Brasil, o estado de Alagoas deve receber a primeira remessa do imunizante já na próxima segunda-feira (3), segundo a Secretaria de Estado da Saúde (Sesau).

Assim como as outras duas vacinas – CoronaVac e AstraZeneza -, que já são aplicadas no estado, a imunidade completa da Pfizer é alcançada com as duas doses, respeitando o intervalo de 21 dias.

Os imunobiológicos da vacina podem ser acondicionados a uma temperatura entre 2° e 8° Celsius, com a validade da CoronaVac chegando a 12 meses, a partir da data de fabricação, e a AstraZeneca sendo de até seis meses, a partir da data de fabricação.

Caso a vacina belga seja armazenada na mesma temperatura das demais vacinas contra a Covid-19, de acordo com a assessora do Plano Nacional de Imunização (PNI) em Alagoas, Rafaela Siqueira, a validade das doses é de apenas cinco dias.

“As doses vão chegar congeladas até o Estado em uma temperatura entre, -25° e -15°. Nessas condições, a vacina pode ser aplicada em até 14 dias”, explicou Rafaela.

Para manter o prazo máximo de validade a partir da data de fabricação, a vacina precisa estar congelada e acondicionada em um freezer de ultrabaixa temperatura, que varia de -80°C à -60°C. Dessa forma, o imunizante da Pfizer pode ser administrado em até seis meses.

O Ministério da Saúde (MS) informou que está em andamento um processo de compra de 183 freezers de ultrabaixa temperatura para encaminhar aos estados. A previsão de entrega do primeiro lote é para o mês de junho deste ano.

fonte: Gazetaweb

Compartilhe essa informação

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest
Share on telegram
Telegram
Share on whatsapp
WhatsApp

Notícias Relacionadas

Comente