A Hora da Notícia

Covid: Com 680 casos confirmados nas últimas 24 horas, Alagoas se aproxima das 3 mil mortes

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on telegram
Share on whatsapp
PRESTAÇÃO DE CONTAS

FOTO: Thallysson Alves/HGE

Alagoas se aproximou do patamar de 3 mil mortes pela Covid-19 neste domingo (28), após a confirmação de dez novos óbitos causados pelo vírus no estado. O último boletim epidemiológico confirma mais 680 casos da doença em Alagoas, somando 2.999 óbitos e 131.746 casos desde o início da pandemia. 11.514 casos estão em investigação laboratorial, e 125.307 pacientes estão recuperados da doença.

Dentre as mortes confirmadas, quatro foram de vítimas da capital alagoana e seis do interior do estado. As vítimas da capital eram três homens de 40, 51 e 81 anos, além de uma mulher de 87 anos. O homem de 40 anos era obeso e morreu no Hospital Metropolitano de Alagoas (HMA), em Maceió; o homem de 51 anos não tinha comorbidades e também morreu no Hospital Metropolitano de Alagoas (HMA), em Maceió; o homem de 81 anos não tinha comorbidades e morreu em seu domicílio; e a mulher de 87 anos era hipertensa, diabética e morreu no Hospital Arthur Ramos, em Maceió.

No interior, faleceram quatro homens de 51, 53, 69 e 80 anos e duas mulheres de 46 e 63 anos. O homem de 51 anos, residia em Delmiro Gouveia, não tinha comorbidades e morreu na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Delmiro Gouveia; o homem de 53 anos, residia em Maragogi, era hipertenso, diabético e morreu no Hospital Metropolitano de Alagoas (HMA), em Maceió; o homem de 69 anos, morava em São Miguel dos Campos, tinha doença respiratória crônica e morreu na Santa Casa de São Miguel dos Campos; o homem de 80 anos, morava em Arapiraca, não tinha comorbidades e morreu no Hospital Regional de Arapiraca.

A mulher de 46 anos, era de Campo Alegre, tinha diabetes e morreu na Santa Casa de São Miguel dos Campos; e a mulher de 63 anos, era de Arapiraca, tinha pneumopatia e morreu no Hospital Regional de Arapiraca.

Leitos ultrapassam margem de segurança

Segundo os dados do último boletim de ocupação de leitos, divulgado neste sábado (27) à noite, 71% dos leitos de Unidades de Terapia Intensiva (UTIs) do estado se encontravam ocupados, ultrapassando a margem de segurança de 70%. Essa situação já vinha sendo observada há semanas no interior do estado, mas agora é vista no estado como um todo.

Dos 856 leitos criados para atender exclusivamente pacientes da Covid-19, 483 estavam ocupados até as 16 horas deste sábado (27), o que corresponde 56% do total. Atualmente, 177 pacientes estão em leitos de UTI, 07 ocupando leitos intermediários e 299 em leitos de enfermaria.

Fonte: Gazetaweb

Compartilhe essa informação

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest
Share on telegram
Telegram
Share on whatsapp
WhatsApp

Notícias Relacionadas

Comente