A Hora da Notícia

CPI do Senado pede segurança para Witzel por dois anos

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on telegram
Share on whatsapp
PRESTAÇÃO DE CONTAS

Wilton Junior/Estadão Conteúdo

O presidente da CPI da Covid no Senado, Omar Aziz (PSD), pediu segurança por dois ao Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos para o ex-governador Wilson Witzel (PSC).

Essa foi a condição que o ex-governador do Rio de Janeiro colocou para prestar depoimento aos integrantes do colegiado em sessão secreta sexta-feira (9/7). Ele promete denunciar corrupção de autoridades na área de saúde.

“Com muita assertividade o senador Omar Aziz deferiu nosso pedido. Agora, esperamos que a ministra Damares tenha sensibilidade com a situação, e também defira o pedido com a urgência que o caso requer”, afirmou Diego Carvalho Pereira, advogado de Wiltzel.

No último dia 16 de junho, Witzel prestou depoimento à CPI. A sessão foi marcada por embate entre ele e o senador Flávio Bolsonaro (Patriota).

O filho 01 do presidente Jair Bolsonaro entrou na Justiça contra Witzel pedindo explicações por ter sido acusado de ser “dono dos hospitais federais do Rio”.

fonte: Gazetaweb

Compartilhe essa informação

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest
Share on telegram
Telegram
Share on whatsapp
WhatsApp

Notícias Relacionadas

Comente