A Hora da Notícia

CRB bate o Confiança por 3 a 2 e conquista a primeira vitória em casa na Série B

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on telegram
Share on whatsapp
PRESTAÇÃO DE CONTAS

Ailton Cruz

O CRB vai muito bem, obrigado! Logo após de conquistar uma sequência histórica – vencendo o Cruzeiro e o Palmeiras fora de casa – o Galo engatou o seu terceiro triunfo consecutivo. No dia dos namorados, o Galo presenteou a sua apaixonada torcida ao bater o Confiança por 3 a 2 no Rei Pelé. Esta foi a primeira vitória da equipe em casa nesta Série B.https://b54a08e40fe2f3db7af0af3fd26cbeb5.safeframe.googlesyndication.com/safeframe/1-0-38/html/container.html

Na partida válida pela terceira rodada, Alisson Farias, Hyuri e Dudu marcaram os gols da vitória regatiana. Neto Berola, ex-CSA, e Alex Henrique anotaram os tentos da equipe sergipana.

Clique aqui para conferir todos os lances da partida através do Tempo Real da Gazetaweb

Com este resultado, o Regatas integra o grupo dos quatro primeiros da competição de forma parcial. Somando sete pontos, o time alvirrubro ocupa a vice-liderança. Por outro lado, o Dragão fica no meio da tabela, na 10ª posição, com apenas três pontos.

O Galo volta em campo pela Série B daqui a três dias. A equipe regatiana irá encarar um desafio fora de casa contra o Goiás nesta terça, às 21h30. A partida será realizada no Estádio da Serrinha, na capital goiana. Já o Confiança, no mesmo dia e horário, receberá o Brasil de Pelotas em Aracaju, no Batistão.

No Rei Pelé, Galo engatou a terceira vitória consecutiva – Foto: Ailton Cruz

Primeiro tempo

A partida teve um início que aparentava monotonia, cenário que se consolidou nos primeiros dez minutos. Foi exatamente neste momento que o Galo abriu o placar. Alisson Farias enfiou uma grande bola para Hyuri, que deixou o atacante na cara do gol. O camisa 9 chutou rasteiro e o goleiro Rafael Santos, com a perna, defendeu. No rebote, a bola voltou para Alisson, que, fora da área, chutou para a meta vazia e fez o primeiro tento regatiano.

Porém, a vantagem alvirrubra durou pouco tempo. Dois minutos depois, após uma resposta imediata, o Dragão chegou ao empate. Após cruzamento de Luciano Juba, Neto Berola, ex-CSA, aproveitou a falha do lateral regatiano Guilherme Romão e, de cuca legal, estufou as redes do Galo e igualou a parada.

Depois de perder a vitória parcial, o Regatas partiu para cima em busca do segundo. Os alvirrubros quase marcou em uma cabeçada de Hyuri aos 15′, mas aos 17′, conseguiu achar o caminho das redes novamente. Hyuri saiu na cara do gol após um novo passe enfiado, desta vez de Reginaldo, e teve tranquilidade e frieza para colocar no cantinho.

Hyuri anotou o segundo tento do Regatas – Foto: Ailton Cruz

Posteriormente, o técnico Allan Aal foi forçado a sacar a sua melhor peça. Diego Torres sentiu e teve que ser substituido. Desde então, o Dragão voltou a crescer e conseguiu chegar o empate aos 22 minutos. Neto Berola acionou Leandro na linha de fundo, que cruzou rasteiro praticamente na pequena área para Alex empurrar para o fundo do gol.

A partir de então, a partida voltou a ficar equilibrada novamente. Por outro lado, o time sergipano conseguiu ocupar mais o campo ofensivo e o Galo passou a construir suas jogadas no meio campo. Os regatianos passaram a chegar perto através de jogadas pontuais. O panorama seguiu o mesmo e a primeira etapa, que foi estendida até os 47′, terminou em um empate de 2 a 2.

Primeiro tempo foi marcado pela alta intensidade no início – Foto: Ailton Cruz

Segundo tempo

A etapa complementar foi bem menos emocionante que a etapa complementar. Diferentemente da metade do primeiro tempo até o seu final, onde o Dragão ficou mais com a posse da redonda, o Galo iniciou aplicando um volume considerável na zona de ataque. Mesmo estando mais com a bola, os alvirrubros não conseguiram criar chances reais.

Porém, o time sergipano acordou depois da faixa dos 18 minutos e passou a ser mais proativo no ataque. A melhor chance criada pelos visitantes – talvez a melhor do segundo tempo – aconteceu exatamente aos 20′, quando Iago cruzou à meia altura, fez a bola atravessar a área perigosamente e Alex Henrique desviou para fora.

Depois dos 30 minutos, o Regatas cresceu consideravelmente e aplicou uma certa pressão na defesa sergipana. Porém, assim como no início da etapa complementar, os alvirrubros não conseguiram acertar o pé e não levaram perigo à meta defendida por Rafael Santos.

Mas, como diz o ditado: “agua mole em pedra dura, tanto bate até que fura”. O Galo seguiu insistindo e conseguiu marcar o gol da vitória aos 39 minutos. Após cruzamento Reginaldo, Dudu apareceu na segunda trave e, de cabeça, encobriu o goleiro alviceleste e deu números finais à partida. O Dragão até tentou empatar na reta final, mas não deu para evitar a vitória regatiana por 3 a 2.

Galo pressionou e conquistou a vitória no fim – Foto: Ailton Cruz

Ficha técnica

CRB – Diogo Silva; Reginaldo, Gum, Frazan e Guilherme Romão (Alexandre Melo); Marthã (Claudinei), Jean Patrick e Diego Torres; Ewandro (Erik), Alisson Farias (Calyson) e Hyuri. Técnico: Allan Aal.

Confiança – Rafael Santos; Leandro, Victor Sallinas, Bareiro e Luciano Juba; Bruno Sena, Álvaro (Rafael Vila) e Daniel Penha; Neto Berola (Willians Santana), Luidy (Iago Silva) e Alex Henrique (Lucas Barcelos). Técnico: Rodrigo Santana.

Árbitro – Ivan da Silva Guimarães Júnior (AM).

Assistentes – Jander Rodrigues Lopes (AM) e Hugo Agostinho Chaves da Paixão (AM).

fonte: Gazetaweb

Compartilhe essa informação

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest
Share on telegram
Telegram
Share on whatsapp
WhatsApp

Notícias Relacionadas

Comente