A Hora da Notícia

CSA é envolvido pelo Ceará e perde no Castelão pela 7ª rodada do Nordestão: 2 a 0

Teste Banner Anuncio Titulo Post

Kid JR / SVM

Neste sábado (5), Ceará e CSA se enfrentaram pela 7ª rodada da Copa do Nordeste, na Arena Castelão, em Fortaleza. Diante do seu torcedor, o Vozão foi mais eficiente no ataque e venceu, por 2 a 0, com gols de Victor Luiz, no primeiro tempo, e Vina, na etapa complementar.

Com o esse resultado, o Vozão chegou aos 15 pontos e retomou a liderança do Grupo A, tomada pelo CRB ao vencer o Sampaio Corrêa, por 1 a 0, mais cedo. Ainda, a equipe garantiu classificação antecipada para as quartas de final da competição, com uma rodada de antecedência.

Por sua vez, mesmo com a baixa, a 2ª no torneio, o CSA permaneceu na 2ª colocação do Grupo B, com 11 pontos, praticamente também classificado, pois o Sport, na 4ª posição, com sete, pode chegar no máximo aos 10 pontos, e só resta um rodada para o término da 1ª fase.

Caléndário

As equipes voltam campo pela 8ª e última rodada da primeira fase no dia 19, um sábado. Todos os jogos serão às 17h45 (horário de Brasília). Assim, o Vozão visita o Campinense, no Estádio Amigão, em Campina Grande. Por sua vez, o Azulão recebe o Altos-PI, no Estádio Rei Pelé, em Maceió.

Partida começou às 19h45. Geovane, de azul, saiu no 2º tempo, e Vina ampliou a vantagem dos mandantes – Foto: Aurélio Alves/O POVO

Primeiro Tempo

O jogo começou de forma eletrizante, bem movimentado, com o Ceará pressionando o CSA, marcando em cima. Antes do primeiro minuto, Cléber roubou a dentro da área, bateu cruzado e a bola atravessou a área azulina. Depois, Mendoza mandou chutaço pelo lado esquerdo, exigindo grande defesa de Marcelo Carné.

Nitidamente armado para jogar no contra-golpe, o CSA respondeu aos quatro minutos com Lucas Barcelos, que tentou cruzar para Dalberto concluir, mas João Ricardo se antecipou, segurando a redonda.

A transição do Azulão da defesa ao ataque era muita rápida, com Yann Rolim e Gabriel como principais armadores. Por seu turno, o Vozão apostou na marcação forte e na transição com Vina, Lima e Victor Luiz, que acionavam aos atacantes nas costas dos defensores azulinos. Mozart e Tiago Nunes ficaram muito nervosos à beira do gramado.

Aos nove minutos, gol anulado do CSA. Felipe Augusto achou Rodrigo Rodrigues no lado direito, o atacante finalizou para o gol na sequência, mas o árbitro marcou impedimento. Gabriel chutou em cima de Luiz Otávio no lance subsequente, e Geovane mandou à direita de João Ricardo.

Volante Geovane exigiu grande defesa de João Ricardo em 1ª chance de gol do CSA – Foto: Morgana Oliveira/ASCOM CSA

À essa altura, o jogo, com chances de gols para ambos, ficou equilibrado, ou seja, com ritmo mais cauteloso após a primeira metade. Enquanto o Vozão teve mais posse de bola e ameaçava com a pelota no chão, o Azulão ameaçou nos contragolpes, aproveitando os espaços deixados.

Aos 24 minutos, Vina avançou pelo setor esquerdo e tocou para Richardson, livre na boca da pequena área, finalizar rasteiro, em cima da defesa azulina. Paciente na troca de bola, quase o CSA abriu o placar aos 30’. Após lateral, Geovane pegou sobra na área, fuzilou de canhota, porém João Ricardo espalmou, salvando o Vozão.

O ritmo lá e cá voltou à tona na partida. Após o susto, foi a vez dos anfitriões ameaçaram o time alagoano aos 34 minutos. Após bobeada azulina, Nino Paraíba cruzou, Cléber desviou de cabeça e Carné se esticou todo para salvar o CSA. O Ceará seguiu e, após escanteio, abriu o placar de forma inesperada. Especialista no arremate, Victor Luiz soltou uma bomba do meio da rua e fez um golaço.

Victor Luiz marcou golaço do meia da rua, abrindo o placar para o Vozão, apoiadíssimo pelo seu torcedor – Foto: Kid JR / SVM

A bola ainda quicou na frente de Carné antes de morrer no fundo das redes: 1 a 0. O CSA sentiu dificuldades para se arrumar, e quase tomou o segundo em nova chegada dos mandantes, com Vina. Aos 38’, o atacante recebeu no bico da grande área e tocou para Lima, que puxou para a canhota e bateu colocado, fazendo Carné trabalhar. No rebote, Vina mandou por cima.

Com a vantagem e controle das ações da partida, o Vozão perdeu mais uma chance antes do intervalo. Vina puxou contra-ataque pela esquerda e tocou à meia-altura para Cléber, na marca da cal, marcar. Contudo, o atacante perdeu o tempo da bola. Fim de papo no primeiro tempo. Vitória merecida do Ceará.

CSA conseguiu ameaçar o gol do Ceará no primeiro tempo, criou chances, mas foi vazado no momento que estava melhor – Foto: Morgana Oliveira/ASCOM CSA

2º Tempo

Com apenas um minuto de partida, o CSA conseguiu escanteio, mostrando o desejo do empate. Ernandes levantou na área, mas a zaga do Vozão afastou o perigo, trabalhou a bola e também ameaçou com Nino Paraíba logo em seguida. Victor Luiz levantou na área e o lateral esquerdo cabeceou longe da meta de Carné.

Aos 4 minutos, Werley matou contra-ataque do Vozão e recebeu o cartão amarelo. O CSA passou a apertar a saída de bola dos mandantes, que seguiu fazendo lançamento para Mendonza. Em um desses, o meia alvinegro avançou em velocidade e tocou para Cléber fazer o cruzamento. O camisa 89, porém, mandou de canhota direto para fora.

Contudo, aos nove’, Vina ampliou o placar, em belo troca de passes do Ceará. Nino Paraíba encontrou o centroavante nas costas da defesa azulina, que viu o jogador entrar em diagonal e só tocar na saída de Carné, fazendo o seu 3º tento na competição: 2 a 0 e muita festa na arquibancada.

Vina ampliou a vantagem do Vozão no 2º tempo, marcando o 3º gol dele pelo Ceará, no Nordestão desta temporada.PNG – Foto: Kid JR / SVM

À vista disso, o CSA ficou no campo de defesa, sentindo o golpe. Diante de derrota iminente, Mozart, irritado, colocou Giva Santos, Osvaldo, Marco Túlio nos lugares de Geovane, Yann Rolim e Lucas Barcelos, que deixaram o ataque mais perigoso.

Aos 19 minutos, após Rodrigo Rodrigues finalizar para fora, Giva Santos soltou uma bomba do meio da rua, a bola bateu no zagueiro Messias e se perdeu pela linha de fundo.

Mas o Vozão não se incomodou mesmo com a vantagem e criou outras chances, porém não botou nas redes. Na marca dos 23 minutos, Cléber fez belo lançamento para Nino Paraíba bater com estilo à esquerda do alvo alagoano. O CSA respondeu aso 27’, com Felipe Augusto, que, na área do Ceará, bateu prensado e Cléber, ajudando à defesa, afastou o perigo.

Lima foi fundamental na construção das jogadas ofensivas do Vozão – Foto: Aurélio Alves/O POVO

Sob forte chuva em Fortaleza, Zé Roberto e Didira substituíram Cléber e Felipe Augusto, respectivamente. O experiente, ex-Palmeiras, fez boa jogada aos 32 minutos. Ao balançar frente à marcação, a bola desviou na zaga dos marujos e Marlon pegou o rebote, mas finalizou por cima.

Irreconhecível no quesito técnico, falhando na troca de passes no campo ofensivo, o CSA foi envolvido pelo Ceará, que mostrou muita disposição em campo, tomando conta dos espaços.

Assim, quase assinalou o 3º tento na marca dos 41 minutos. Zé Roberto, descansado, viu Werley cortar chute de primeira depois Carné espalmar chute cruzado de Nino Paraíba, um dos melhores em campo.

O árbitro ainda deu quatro minutos de acréscimo, reclamou de pênalti Em suma, o CSA fez um 2º tempo muito ruim, não criou nada e poderia ter perdido por mais gols.

Zagueiro Werley recebeu amarelo na etapa final. CSA dexou a desejar no agregado do duelo – Foto: Aurélio Alves/O POVO

Ficha técnica

Ceará – João Ricardo; Nino Paraíba, Messias, Richardson (Marlon) e Mendoza; Luiz Otávio, Lucas Ribeiro e Vina (Erick); Victor Luiz (Bruno Pacheco), Lima (Léo Rafael) e Cleber (Zé Roberto). Técnico: Tiago Nunes.

CSA – Marcelo Carné; Cedric, Werley, Marcel e Ernandes; Geovane (Giva Santos), Gabriel e Yann Rolim (Osvaldo); Felipe Augusto (Didira), Lucas Barcelos (Marco Túlio) e Rodrigo Rodrigues (Dalberto). Técnico: Mozart Santos.

Cartões amarelos: Mendoza (Ceará); Werley (CSA); Osvaldo (CSA)

Árbitro: Zandick Gondim Alves Júnior (RN)

Assistentes: Vinícius Melo de Lima (RN) e Luiz Carlos de França (RN)

Quarto árbitro: Paulo Silvio dos Santos (CE)

fonte: gazetaweb

Compartilhe essa informação

Facebook
Twitter
LinkedIn
Pinterest
Telegram
WhatsApp

Notícias Relacionadas

Comente