A Hora da Notícia

Deputados estaduais pedem celeridade nas investigações do caso Rhaniel

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on telegram
Share on whatsapp
PRESTAÇÃO DE CONTAS

Deputados estaduais pedem celeridade nas investigações do caso Rhaniel

Nesta terça-feira (18), o Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes, deputados estaduais aproveitaram sessão na Assembleia Legislativa de Alagoas (ALE) para pedir celeridade nas investigações do assassinato da criança Rhaniel Pedro.

Na semana passada, o menino de 10 anos foi encontrado morto em uma calçada no bairro do Clima Bom, após desaparecer a caminho do reforço escolar. O laudo do Instituto Médico Legal (IML) apontou que asfixia por aspiração de sangue como causa da morte, mas também foram encontradas lesões que podem indicar violência sexual.

A parlamentar Ângela Garrote (Progressistas) chamou as outras deputadas presentes para visitar a mãe de Rhaniel Pedro para prestar solidariedade. Ela também relembrou o caso Beatriz, menina de 6 anos que foi estuprada e morta na cidade de Maravilha, no ano passado.

“Quero pedir ao delegado que descubra quem matou essa criança nessa situação. Não arranje um bode expiatório. Não tenha pressa, mas ache o verdadeiro assassino. Também que Estado comece a fazer algo para que isso não aconteça mais”, afirmou Ângelo.

Cabo Bebeto (PTC) ressaltou a frequência em que os casos vêm ocorrendo no estado e relembrou o caso Danilo, ocorrido no ano de 2019. O padrasto foi acusado de abuso sexual e assassinato do enteado Danilo de Almeida Campos, fato ocorrido no bairro do Clima Bom, em Maceió.

“A gente não consegue nem imaginar a dor da mãe, do pai e da avó. São muitos casos e a gente não vê soluções do Estado. Não vemos diminuição nesse tipo de crime. É um crime bárbaro que a gente não pode permitir que aconteça”, disse.
Fonte – 7 Segundos

#politica #politicaalagoana

fonte: blog.politicaalagoana.com.br

Compartilhe essa informação

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest
Share on telegram
Telegram
Share on whatsapp
WhatsApp

Notícias Relacionadas

Comente