A Hora da Notícia

Em AL, financiamento de imóveis recua 40% no 1º quadrimestre

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on telegram
Share on whatsapp
prefeitura junho

Ailton Cruz

Os financiamentos imobiliários com recursos da poupança caíram 40% em Alagoas no primeiro quadrimestre deste ano, em comparação ao mesmo período do ano passado.

Levantamento da Associação Brasileira de Entidades de Crédito Imobiliário e Poupança (Abecip), aponta que foram financiadas 899 unidades nos primeiros quatro meses deste ano em Alagoas, ante 1.523 no mesmo período do ano passado.

Os números mostram ainda que o valor financiado também apresentou recuo em Alagoas, uma queda de 31%, saindo de R$ 323,6 milhões no primeiro quadrimestre de 2021, para R$ 222,7 milhões no mesmo período desse ano. Segundo o levantamento, com 277 unidades negociadas, janeiro foi o mês em que mais foram financiados imóveis com recursos da poupança em Alagoas no primeiro quadrimestre. Em relação a valores, foram R$ 67,4 milhões financiados no período.

Em todo o Brasil, foram financiados 221,4 mil imóveis com recursos da poupança nos quatro primeiros meses de 2022, um recuo de 14,4% frente a igual período de 2021. O valor financiado foi de R$ 52,62 bilhões, queda de 12,2% em relação ao mesmo período do ano passado.

O crédito imobiliário com recursos da poupança movimentou R$ 11,4 bilhões em abril, o que representa queda de 23% ante março. Na comparação com abril de 2021, houve recuo de 31,6%. Em unidades, foram financiados em abril 45,3 mil imóveis, número 28,7% menor que o de março. Na comparação com abril de 2021, a queda foi de 35,3%.

A Caixa se manteve na liderança do setor, com R$ 5,786 bilhões financiados. Itaú Unibanco apareceu em segundo lugar, com R$ 2,830 bilhões, e o Bradesco ficou em terceiro lugar, com R$ 1,296 bilhão.

A Abecip lembra que, devido à greve dos servidores do Banco Central, o resultado da poupança de abril ainda não foi divulgado, por isso a associação utilizou seus próprios dados. As cadernetas do Sistema Brasileiro de Poupança e Empréstimo (SBPE) de abril, segundo pesquisa da Abecip, registraram retirada líquida de R$ 7,35 bilhões.

Como a captação líquida negativa de abril não foi compensada pelos créditos de rendimentos no mês, o saldo da poupança SBPE caiu em 1,7% ante abril de 2021, para R$ 768,6 bilhões. Comparado a março, o recuo foi de 0,4%. “O resultado reflete a sazonalidade do período, que indica prevalência de desempenho negativo em 71% dos meses de abril dos últimos 28 anos”, diz.

fonte: gazetaweb

Compartilhe essa informação

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest
Share on telegram
Telegram
Share on whatsapp
WhatsApp

Notícias Relacionadas

Comente