A Hora da Notícia

Em Campinas, CRB perde para o Guarani e deixa o G-4 da Série B: 1 a 0

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on telegram
Share on whatsapp
PRESTAÇÃO DE CONTAS

Luciano Claudino/Código19/Estadão Conteúdo

Não deu para o CRB. Depois de duas vitórias seguidas, o Galo sofreu a derrota por 1 a 0, para o Guarani, e deixou o G-4 da Série B. A partida foi disputada na noite desta terça-feira (13), no Brinco de Ouro da Princesa, em Campinas-SP. O gol do Guarani foi de Ronaldo Alves, ainda na etapa inicial.

O time regatiano, agora fora do do G-4, ocupa a 5ª posição, com 17 pontos; enquanto o Guarani agora é o terceiro colocado, com 19. Clique aqui para ver o Tempo Real

O próximo compromisso do Galo pela Série B já será no domingo (18), desta vez no Rei Pelé, às 20h30, contra o Vila Nova-GO. E o Bugre já entrará em campo contra o Confiança, na sexta-feira (16), às 19 horas, no Batistão, em Aracaju-SE.

1º Tempo

Guarani venceu o CRB por 1 a 0, em jogo pela Série B – Foto: Luciano Claudino/Código19/Estadão Conteúdo

O jogo começou com o CRB tendo mais presença em campo, pressionando e não dando facilidade ao adversário. Mas o primeiro lance de perigo foi do Guarani, que assustou aos 8 minutos. Pablo recebeu a bola na direita e cruzou para Bruno Sávio, que bateu cruzado e Davó tentou completar, mas ela foi para fora. A primeira chance do CRB se deu aos 11 minutos. Na cobrança de escanteio, Renan Bressan tentou a jogada ensaia com Jean Patrick, que bateu pra o gol, mas a bola saiu em tiro de meta.

O duelo passava dos 15 minutos e o panorama mudou. O CRB era melhor, mas o Guarani foi se encaixando e jogando o Galo para trás, obrigando o goleiro Diogo Silva a ter mais participação no jogo. Aos 16’, por exemplo, Júlio César arriscou a batida de fora da área e obrigou o arqueiro a espalmar e fazer a defesa. Aos 21 minutos, o Galo arriscou com Renan Bressan, de longe, mas o chute foi sem direção.

O jogo era truncado no meio do campo e tinha muitas faltas cometidas dos dois lados. O Guarani tinha melhorado em campo e, aos 26 minutos, abriu o placar. No levantamento de Régis, Ronaldo Alves fechou no segundo pau e, de cabeça, mandou para o fundo da rede, fazendo 1 a 0 para o Bugre.

Aos 39 minutos, uma pequena confusão em campo. Depois que Gum cometeu falta em Régis, ambos trocaram empurrões, Gum reclamou da arbitragem, Marthã também fez a sua reclamação e acabou sendo empurrado por Rodrigo Andrade, do Bugre, que levou o cartão amarelo.

Aos 42 minutos, o Guarani teve uma boa chance. No levantamento de Régis, Bruno Sávio subiu e cabeceou, mas a redonda foi para fora, em tiro de meta. Aos 44’, o Galo respondeu. Ewandro recebeu a pelota sozinho na área, tentou o passe e viu Pablo cortar. O árbitro decretou três minutos de acréscimos e o CRB pressionava, em busca do gol de empate: Gum aproveitou a sobra na área e bateu, mas o goleiro apareceu na hora certa e salvou o Guarani. E, aos 48 minutos, a etapa inicial foi encerrada.

2º Tempo

Lance de Guarani x CRB, no Brinco de Ouro, em Campinas – Foto: Luciano Claudino/Código19/Estadão Conteúdo

No 2º tempo, logo aos 2 minutos, o CRB arriscou, chegando com perigo. Jean Patrick chutou uma bomba, de longe, mas o goleiro Gabriel pulou e defendeu.Aos 4’, de novo o Galo, quando Erik avançou com espaço e arriscou de fora da área, mas a bola subiu muito.

Passava dos 10 minutos e o que se via era um CRB indo mais ao ataque, em busca ao menos do gol da igualdade. Aos 16 minutos, em nova tentativa do Galo, Bressan levantou a bola no segundo pau, a defesa do Bugre afastou, na sequência Jean Patrick arriscou a finalização, mas mandou para fora. O CRB dominava o jogo, mas era lento e dava tempo de o Bugre matar a jogada.

O jogo passava dos 20 minutos e não tinha nenhum momento de emoção. Foi quando os treinadores começaram a modificar suas equipes. Aos 27 minutos, Em roubada de bola do Guarani, no campo de ataque, Régis rolou para Bruno Sávio, que bateu rasteiro, mas Diogo Silva fez a boa defesa.

Chegando aos 35 minutos, o jogo seguia sem emoção e passou a ficar feio. O Guarani trocava passes no campo de defesa. Aos 36’, Bressan levantou a bola na área, mas Gabriel Mesquita tirou com um soco, sem dificuldade. Aos 40’, Calyson, do CRB, recebeu no meio e bateu, mas a bola subiu demais e o Galo teve outra chance perdida. O árbitro decretou cinco minutos de acréscimos.

Aos 45’, em cobrança de falta, Celsinho bateu, mas a bola desviou em Bruno Silva e foi pela linha de fundo. No escanteio, o CRB desperdiçou a cobrança. E, aos 50 minutos, o jogo foi encerrado com a derrota do CRB, por 1 a 0.

Ficha Técnica:

Despis de duas vitórias seguidas, CRB perdeu nesta terça-feira. – Foto: Luciano Claudino/Código19/Estadão Conteúdo

Guarani – Gabriel Mesquita; Pablo, Thales, Ronaldo Alves e Bidu; Bruno Silva, Rodrigo Andrade (Índio) e Régis (Lucão do Break); Júlio César (Renanzinho), Bruno Sávio (Allan Victor) e Davó (Andrigo). Técnico: Daniel Paulista.

CRB – Diogo Silva; Reginaldo (Calyson), Gum, Caetano e Guilherme Romão; Marthã (Claudinei), Jean Patrick (Wesley) e Renan Bressan; Erik, Vitão (Alan James) e Ewandro (Celsinho). Técnico: Allan Aal.

Árbitro – Diego da Silva Castro (CBF-PI).

Assistentes – Mauro Cezar Evangelista de Sousa (CBF-PI) e Alisson Lima Damasceno (CBF-PI).

Quarto árbitro – Thiago Lourenço de Mattos (CBF-SP).

fonte: Gazetaweb

Compartilhe essa informação

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest
Share on telegram
Telegram
Share on whatsapp
WhatsApp

Notícias Relacionadas

Comente