A Hora da Notícia

Ex-chefe da Ferrari revela que houve discussões para contratar Hamilton

Teste Banner Anuncio Titulo Post

Paul Gilham/Getty Imag

Na semana passada, Lewis Hamilton falou sobre o sonho que é para qualquer piloto de F1 guiar pela Ferrari e admitiu não saber por que isso nunca acabou acontecendo em sua carreira. Curiosamente, o CEO da F1, Stefano Domenicali, revelou à “Sky Sports” que quando era chefe da equipe italiana (entre 2008 e 2014) houve discussões sobre contratar o heptacampeão.

– Para ser honesto, sim, nós discutimos isso. Mas acho que a resposta que ele deu foi a correta. E eu acho que esse período já passou. Acho que não aconteceu pelo momento que o Lewis vivia. Mas não dá para criticar as escolhas que ele fez, porque tem uma carreira incrível – explica Domenicali, que não disse em que ano as conversas aconteceram.

Hamilton tem contrato com a Mercedes até o fim da temporada 2023 – ele está na equipe desde 2013. Antes, pilotou pela McLaren entre 2007, ano de estreia, e 2012.

– Vou a Monza e ouço os fãs me pedindo “venha para a Ferrari”. Isso aquece meu coração, mas é incrível como depois de tantos anos, eu nunca pilotei para a Ferrari. Porque é um sonho para todos, um objetivo a ser atingido. Nunca foi possível (pilotar pela Ferrari) e nunca saberei exatamente por que. Desejo melhor para eles e no futuro próximo preciso apenas evitar que eles ganhem o campeonato. Tenho algumas Ferraris em casa para dirigir, mas não a da Fórmula 1 – brincou o britânico.

A vitória do último GP foi sua quinta conquista na temporada e o ajudou a recuperar a liderança do campeonato já que Max Verstappen, que partiu em 20º, chegou atrás dele, em segundo lugar. A diferença entre a dupla é de dois pontos.

fonte: Gazetaweb

Compartilhe essa informação

Facebook
Twitter
LinkedIn
Pinterest
Telegram
WhatsApp

Notícias Relacionadas

Comente