A Hora da Notícia

“Fiquei feliz”, afirma Bolsonaro sobre os atos contra medidas restritivas

Presidente disse que dará resposta a apoiadores nesta quinta-feira (18/3), durante sua live semanal. Manifestações ocorreram no domingo
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on telegram
Share on whatsapp
PRESTAÇÃO DE CONTAS

Bolsonaro foto: Rafaela Felicciano/Metrópoles

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) afirmou nesta quarta-feira (17/3) que “logicamente” ficou feliz com as manifestações, registradas no último domingo (14/3) em algumas cidades do país, contra medidas restritivas de governadores.

Durante conversa com apoiadores, Bolsonaro ainda afirmou que dará “uma resposta” a eles nesta quinta-feira (18/3), durante sua live semanal nas redes sociais. A conversa foi transmitida por um site simpático ao presidente.

“Logicamente, eu fiquei feliz. Acho que o Brasil todo gostou. Mostrou que o povo está vivo, os sentimentos democráticos estão aí valendo. Queremos nossa liberdade, queremos que todo mundo respeite a Constituição, tá certo? Pode deixar que a gente vai dar uma resposta para pessoal na live de quinta-feira”, declarou.

As manifestações de domingo foram marcadas por carreatas e atos a favor do governo e ocorreram no pior momento da pandemia no país, que se aproxima das 285 mil mortes.

Alguns apoiadores do presidente voltaram a pedir o fechamento do Supremo Tribunal Federal (STF), além de uma intervenção militar. Os dois pedidos são inconstitucionais.

Em Brasília, os simpatizantes pediram o fim do toque de recolher imposto pelo governador Ibaneis Rocha (MDB). Diversos carros, motociclistas e ciclistas participaram da manifestação, com bandeira do Brasil penduradas, e muitos transeuntes estiveram no local, sem máscara ou usando-as de forma errada.https://178a73a3780a629ff93d6c9bf559681d.safeframe.googlesyndication.com/safeframe/1-0-37/html/container.html

Bolsonaro não compareceu ao ato, mas usou as redes sociais para mostrar a manifestação realizada por seus apoiadores, na Esplanada. No vídeo, além do buzinaço, é possível ouvir uma pessoa gritando: “A solução é o povo na rua, pelo amor de Deus”.

fonte: Gazetaweb

Compartilhe essa informação

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest
Share on telegram
Telegram
Share on whatsapp
WhatsApp

Notícias Relacionadas

Comente