A Hora da Notícia

Gás de cozinha vendido em Alagoas encerra 2021 com aumento de 35,4%, aponta ANP

Teste Banner Anuncio Titulo Post

Ailton Cruz – Arquivo GA

O preço do Gás Liquefeito de Petróleo — o popular gás de cozinha — comercializado em Alagoas encerrou 2021 com um aumento de 35,4%, segundo levantamento divulgado nesta terça-feira (4), pela Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP).

De acordo com os dados, o valor do botijão de 13 kg do produto atingiu R$ 98,84, em média, em dezembro do ano passado, contra R$ 72,98 em média registrado em janeiro de 2021. Em valores nominais, a diferença entre início e fim de ano é de R$ 25,86.

No fim de dezembro do ano passado, segundo o levantamento da agência reguladora, o valor do gás de cozinha comercializado em Alagoas variou entre R$ 86,99 (valor mínimo) e R$ 105 (valor máximo) — uma diferença de 20,7% entre os revendedores.

Entre os três municípios pesquisados pela ANP — Delmiro Gouveia, Maceió e Arapiraca —, o maior preço foi registrado em revendedores de Maceió e Delmiro Gouveia, no Sertão alagoano. Já o valor mínimo foi encontrado na capital.

No início do ano, o preço do gás de cozinha tinha variação entre R$ 61,49 e R$ R$ 80 — uma diferença de 30,1%, aponta a ANP.

A agência publica mensalmente a evolução dos preços do GLP em todos os estados brasileiros desde novembro de 2001. São apresentados gráficos consolidados com os preços médios ponderados dos produtores e importadores de GLP, incluindo as parcelas de ICMS e margens brutas de distribuição e de revenda.

“Com essa divulgação, a ANP visa garantir à sociedade o amplo conhecimento dos preços e margens praticados pelos agentes econômicos em todos os segmentos do mercado de GLP: produção, distribuição e revenda”, informa a agência, em nota.

fonte: Gazetaweb

Compartilhe essa informação

Facebook
Twitter
LinkedIn
Pinterest
Telegram
WhatsApp

Notícias Relacionadas

Comente