A Hora da Notícia

Governador e ministro Wellington Dias inauguram fábrica de leite em pó em Batalha

Cópia de sua marca aqui (2)
BANNER-ANUNCIO-AHORADANOTICIA-JAND (2)

 Edvan Ferreira / Agência Alagoas

Agência Alagoas

Na manhã desta sexta-feira (1º), durante mais um dia da Caravana Plano Brasil Sem Fome em Alagoas, o governador Paulo Dantas e o ministro do Desenvolvimento Social, Wellington Dias, inauguraram a nova fábrica secadora de leite em pó operada pela Cooperativa de Produção Leiteira de Alagoas (CPLA). Localizada na cidade de Batalha, o empreendimento representa um investimento significativo de mais de R$ 11 milhões do Governo do Estado. Esta fábrica é a única na agricultura familiar do Nordeste, destacando o comprometimento do Estado com o fortalecimento do Programa do Leite.

Além da inauguração, foi assinada a adesão da Prefeitura de Batalha ao Plano Brasil Sem Fome, no qual o município se compromete a executar ações para erradicar a fome na cidade e região. Houve também a assinatura do repasse do Governo Federal de R$ 10 milhões destinados à aquisição de leite, e mais R$ 6 milhões para a aquisição de leite em pó, por meio do Programa de Aquisição de Alimentos (PAA), reforçando o empenho em apoiar a produção leiteira e promovendo iniciativas que beneficiem a segurança alimentar na região.

O governador Paulo Dantas fez um balanço da passagem do ministro Wellington Dias a Alagoas, e destacou o volume de investimentos e ações de combate à fome no Estado.

“Foram dias extremamente importantes para Alagoas, porque aderimos ao Plano Brasil Sem Fome e, com a presença do Ministro Wellington Dias, vamos retirar Alagoas e o Brasil do Mapa da Fome da ONU até 2030. Junto ao Governo Federal, vamos cumprir os objetivos. Se em Alagoas já combatemos a insegurança alimentar em diversas frentes, agora vamos intensificar as ações e criar novas estratégias que serão colocadas em prática com urgência”, afirmou.

O ministro Wellington Dias reiterou o compromisso do Governo Federal e do Governo de Alagoas em combater a fome no estado. “Junto ao Governador Paulo Dantas, reitero nosso compromisso em erradicar a fome, retirando o Brasil do Mapa da Fome da ONU. Estamos unidos para cumprir esses objetivos, intensificando ações e implementando estratégias que impactarão positivamente a vida de milhares de pessoas nesta região”, disse.

O prefeito Wagney Dantas afirmou que o município está comprometido com o combate à fome, e já tem executado ações nesse sentido, principalmente durante o período de estiagem.

Fábrica de Leite em Pó

Operando desde junho de 2022, a Unidade de Beneficiamento de Leite (UBL) da CPLA já produz leite pasteurizado e produtos fermentados. Agora, a segunda etapa da fábrica entra em operação, focada na produção de leite em pó. A indústria oferecerá uma variedade de produtos, incluindo leite em pó, leite condensado, soro em pó, composto lácteo e manteiga. A fábrica gera 400 empregos diretos e apoia 2.500 produtores. Sua capacidade de processar 400.000 litros de leite por dia marca um avanço crucial na região.

O presidente da CPLA, Ademar Monteiro, falou da importância da inauguração da fábrica para a geração de empregos e renda para a região, bem como a valorização da agricultura familiar.

“Com a inauguração desta fábrica de leite em pó, não apenas solidificamos nosso compromisso com o fortalecimento do Programa do Leite, mas também geramos 400 empregos diretos, promovendo oportunidades cruciais na região. Essa iniciativa única na agricultura familiar do Nordeste não apenas simboliza um marco, mas representa uma fonte de renda vital para 2.500 produtores locais. Estamos construindo não apenas uma fábrica, mas um caminho para o progresso, onde cada litro de leite processado significa mais empregos e mais renda para nossa comunidade”, destacou.

Os recursos, provenientes de um convênio com a Codevasf e uma contrapartida do Tesouro Estadual, demonstram o compromisso do Estado em impulsionar a produção local. Este investimento permitirá aos produtores familiares estocar leite em pó, contribuindo para estabilizar os preços e melhorar a renda durante os períodos de maior oferta.

A nova fábrica não apenas simboliza um marco na região, mas também destaca o papel fundamental do Estado no desenvolvimento sustentável da produção de leite, consolidando Alagoas como referência na indústria láctea.

Edvan Ferreira/Agência Alagoas

ver

Edvan Ferreira/Agência Alagoas

ver

Edvan Ferreira/Agência Alagoas

ver

Edvan Ferreira/Agência Alagoas

ver

Edvan Ferreira/Agência Alagoas

ver

Edvan Ferreira/Agência Alagoas

ver

Edvan Ferreira/Agência Alagoas

ver

Edvan Ferreira/Agência Alagoas

ver

Edvan Ferreira/Agência Alagoas

ver

Edvan Ferreira/Agência Alagoas

ver

Edvan Ferreira/Agência Alagoas

ver

Edvan Ferreira/Agência Alagoas

ver

Edvan Ferreira/Agência Alagoas

ver

Edvan Ferreira/Agência Alagoas

ver

Edvan Ferreira/Agência Alagoas

ver

Edvan Ferreira/Agência Alagoas

ver

Edvan Ferreira/Agência Alagoas

ver

Edvan Ferreira/Agência Alagoas

ver

Edvan Ferreira/Agência Alagoas

ver

Edvan Ferreira/Agência Alagoas

ver

Edvan Ferreira/Agência Alagoas

ver

Edvan Ferreira/Agência Alagoas

ver

Edvan Ferreira/Agência Alagoas

ver

Edvan Ferreira/Agência Alagoas

ver

Edvan Ferreira/Agência Alagoas

ver

Edvan Ferreira/Agência Alagoas

ver

Edvan Ferreira/Agência Alagoas

ver

Edvan Ferreira/Agência Alagoas

ver

fonte: https://alagoas.al.gov.br/

Compartilhe essa informação

Facebook
Twitter
LinkedIn
Pinterest
Telegram
WhatsApp

Notícias Relacionadas

Comente