A Hora da Notícia

Governo do Amazonas rebate Pazuello e diz que não recusou ajuda

Gif-728x90-Master
BANNER-ANUNCIO-AHORADANOTICIA-JAND (2)

Divulgação

O governo do Amazonas afirmou, em nota, que “nunca houve recusa do estado para qualquer tipo de ajuda relacionada às ações de enfrentamento à Covid-19” e rebateu declaração do ex-ministro da Saúde Eduardo Pazuello à CPI da Covid, nesta quinta-feira (20).

Aos senadores, Pazuello afirmou que a culpa pela falta de oxigênio hospitalar, que provocou o colapso na rede sanitária de Manaus (AM), é tanto da Secretaria de Saúde do Amazonas quanto da empresa White Martins, que fornecia o insumo para a capital amazonense.

O ex-chefe da pasta disse que o governo federal chegou a discutir uma intervenção no Amazonas, mas desistiu da ideia após ouvir o governador do estado, Wilson Lima.

“[A decisão de intervir] foi levada ao conselho de ministros, o governador se apresentou, se justificou. Desculpa, quero retirar o termo, não é conselho de ministros, é reunião de ministros, com o presidente. O governador se explicou e foi decidido pela não intervenção”, explicou.

Na avaliação do general, a pasta responsável por gerir o enfrentamento da pandemia no estado “não focou em oxigênio e ficou focada em outras coisas”.

fonte: Gazetaweb

Compartilhe essa informação

Facebook
Twitter
LinkedIn
Pinterest
Telegram
WhatsApp

Notícias Relacionadas

Comente