A Hora da Notícia

Governo Federal repassa mais de R$ 4 mi para centros que atendem pacientes com sintomas da covid em AL

Teste Banner Anuncio Titulo Post

Agência Brasil

O Governo Federal, através do Ministério da Saúde, irá repassar mais de R$ 4 milhões para centros de atendimentos às pessoas que apresentam sintomas leves da covid ou sintomas gripais em mais de 70 municípios alagoanos. Cada centro irá receber, em média, R$ 60 mil, mas aqueles que estão localizados em Maceió, por exemplo, serão destinados R$ 100 mil. A informação foi publicada em portaria nessa quinta-feira (29).

Em Arapiraca, capital do Agreste e segunda maior cidade de Alagoas, dois centros irão receber cada um o aporte financeiro de R$ 80 mil. Os valores, segundo o Ministério da Saúde, serão pagos em parcela única. Confira aqui a lista dos municípios que irão receber os valores.

Desde o início da pandemia, o Ministério da Saúde repassou mais de R$ 2,3 bilhões aos Centros de Atendimento que dedicam assistência a pacientes com sintomas leves de Covid-19 e outras síndromes gripais. A Portaria nº 3.978, do Ministério da Saúde, publicada nessa quinta, destina mais R$ 136 milhões para reforçar os estabelecimentos.

Em todo o Brasil, o recurso liberado pela pasta vai contemplar 2.076 Centros de Atendimento em 1.829 municípios e 84 Centros Comunitários em 24 municípios

Os Centros de Referência foram estabelecidos pelas normativas nº 1.444 e nº 1.445 de maio de 2020. Essa estratégia levou em consideração o fato de a Atenção Primária ser o nível de atenção capaz de interromper a transmissibilidade do coronavírus ao conter a ida de pessoas com sintomas leves aos serviços de urgências ou hospitais, bem como de identificar precocemente casos graves e realizar o adequado manejo das pessoas com síndrome gripal.

Os valores para cada centro variam de acordo com a tipologia solicitada no pedido de credenciamento — de R$ 60 mil a R$ 100 mil.

*Com informações do Ministério da Saúde 

fonte: Gazetaweb

Compartilhe essa informação

Facebook
Twitter
LinkedIn
Pinterest
Telegram
WhatsApp

Notícias Relacionadas

Comente