A Hora da Notícia

Grêmio oficializa venda de Pepê ao Porto por 15 milhões de euros.

Gif-728x90-Master
BANNER-ANUNCIO-AHORADANOTICIA-JAND (2)

Pepê, atacante do Grêmio foto: Lucas Uebel/Grêmio

No anúncio no site oficial, o Porto informou que contrato do atacante com o novo clube será até 2026, com cláusula de rescisão de 70 milhões de euros (R$ 458 milhões)

O pagamento ao Grêmio será parcelado em quatro vezes. Os vencimentos debitarão em em junho e agosto de 2021 e janeiro e junho de 2022. O Foz do Iguaçu embolsará sua parte em agosto de 2022.

No acordo, Pepê fez um seguro para evitar prejuízos em caso de lesão. O atacante de 23 anos fica no Grêmio até o fim de junho e disputará as finais da Copa do Brasil contra o Palmeiras, nos dias 28 de fevereiro e 7 de março.

Pepê tinha contrato com o Grêmio até 2024. Ele estreou no time principal em 2017, mas só no ano seguinte foi aproveitado com mais frequência. Em 2020, assumiu o protagonismo da equipe com a venda de Everton ao Benfica. Na atual temporada, marcou 15 gols em 54 jogos disputados.

A negociação é a quarta maior da história do Porto, ficando atrás somente dos 20 milhões de euros pagos por Óliver Torres e Imbula. Além dos 19 milhões de euros na contratação de Hulk.

Confira a nota do Grêmio

“O Grêmio Foot-Ball Porto Alegrense e o Futebol Clube do Porto informam, conjuntamente, terem chegado a um acordo para a transferência de 100% dos direitos econômicos do atleta Pepê.

O valor líquido da transação é de 15 milhões de euros, reservando-se ao Clube uma mais-valia de 12,5% em uma futura transação. O valor correspondente ao mecanismo de solidariedade será pago integralmente pelo Futebol Clube do Porto.

O jogador permanece no Grêmio até o final do mês de junho, apresentando-se ao Porto no início do próximo período de transferências internacionais, em 1º de julho”.

fonte: Gazetaweb

Compartilhe essa informação

Facebook
Twitter
LinkedIn
Pinterest
Telegram
WhatsApp

Notícias Relacionadas

Comente