A Hora da Notícia

Hamilton tem até GP de Mônaco para remover piercing, diz FIA

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on telegram
Share on whatsapp
PRESTAÇÃO DE CONTAS

Reprodução

A Federação Internacional do Automobilismo (FIA) apertou o cerco no uso de joias por parte dos pilotos na Fórmula 1 e reforçou o recado no GP de Miami, no último fim de semana. Após o protesto silencioso de Lewis Hamilton, que compareceu à coletiva de imprensa com três relógios, oito anéis e vários colares – mas removeu seus brincos antes da prova -, a entidade deu ao heptacampeão até o GP de Mônaco para retirar seu piercing. Ele, porém, garante que não pretende ceder.

– Não vou cumprir. Tenho uma isenção e vou ter outras pelo resto do ano. Alianças de casamento são permitidas. Vou usar quatro relógios da próxima vez – disse o piloto da Mercedes.

A prova nas ruas do principado será realizada em 29 de maio. Lá, Hamilton tem três vitórias, em 2008, 2016 e 2019.

A medida que coíbe o uso de joias e também regulariza as roupas íntimas utilizadas pelos pilotos (que devem ser antichamas) foi instituída pelo novo diretor de provas da F1, Niels Wittich, desde o GP da Austrália.

O Artigo 5 das notas da prova australiana informava que “o uso de joias na forma de piercings ou correntes de metal no pescoço é proibido durante a competição e, portanto, deve ser verificado antes da largada”.

Segundo Wittich, joias feitas de metal podem aumentar a transmissão de calor, o que no caso de um incêndio, aumenta o risco de queimaduras. De acordo com o ex-diretor de provas da DTM, os acessórios ainda prejudicam procedimentos clínicos ou exames em situações de emergência.

Outro ponto ressaltado pelo alemão é que a remoção de equipamentos dos pilotos em um resgate pode provocar ferimentos caso eles estejam com adereços como brincos ou piercings, que ainda podem ser engolidos.

A FIA tem aumentado a rigidez em normas e equipamentos de segurança (como o halo) desde o acidente de Romain Grosjean no GP do Bahrein em novembro de 2020. O franco-suíço bateu sua Haas no guard-rail e escapou de um incêndio de grandes proporções. Ele sofreu queimaduras de segundo grau. Porém, o atual piloto da Fórmula Indy expressou apoio a Hamilton com base em sua experiência:

– Pra ser justo, eu usei minha aliança de casamento e meu relógio durante toda a minha carreira. A aliança não atrapalhou, onde ela estava, fui protegido (do fogo). Eu estava protegido por minha esposa e fui salvo pelos meus filhos. Entendo a questão, mas não gostaria de pilotar sem minha aliança.

Hamilton também recebeu apoio de Sebastian Vettel, que vê a situação como um ataque direcionado ao britânico, e ainda vestiu uma cueca sobre o macacão da Aston Martin antes do primeiro treino livre como repúdio à cobrança no uso de roupas íntimas específicas.

– Essa coisa toda de segurança, cara… Quando me falarem sobre joias, me disseram que segurança é tudo. E eu perguntei: “o que aconteceu nos últimos 16 anos? Eu uso joias desde essa época e nunca foi um problema” – concluiu Hamilton.

Pierre Gasly, da AlphaTauri, revelou que corre utilizando um acessório por motivos religiosos, do qual não deseja abrir mão, e manifestou a intenção de encontrar um consenso com a FIA.

Totto Wolff, o chefe da Mercedes, pediu para o Hamilton resolver as questões das joias diretamente com o presidente da FIA, Mohammed Ben Sulayem. Apesar disso, Wolff não deixou de declarar seu apoio ao piloto.

– Acho que é necessário um diálogo entre Lewis e Mohammed. Está claro que as regras estão aqui para proteger os pilotos. Por outro lado, precisamos manter a possibilidade da diversidade e as nossas maneiras de nos expressar, e sabemos que isso é importante para Lewis – disse Toto para o jornal britânico Express.

A próxima etapa da F1 será o GP da Espanha, em 22 de maio. Lá, quem assume a direção de provas é Eduardo Freitas, ex-diretor do Mundial de Endurance (WEC) da FIA.         fonte: gazetaweb

Compartilhe essa informação

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest
Share on telegram
Telegram
Share on whatsapp
WhatsApp

Notícias Relacionadas

Comente