A Hora da Notícia

HGE atinge 70% de ocupação dos leitos de UTI para covid

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on telegram
Share on whatsapp
PRESTAÇÃO DE CONTAS

HGE atinge 70% de ocupação dos leitos de UTI para covid

De acordo com relatório da Secretaria de Estado da Saúde (Sesau) divulgado nesta terça-feira (9), o Hospital Geral do Estado (HGE) encontra-se com 70% dos leitos da Unidade de Terapia Intensiva (UTI) exclusivos para pacientes com Covid-19 ocupados. Somente ontem (8), 806 cidadãos buscaram atendimento no hospital, sendo 501 deles acolhidos pela Central de Triagem para Covid-19, estruturada no Ginásio do Sesi.

A assistência a pessoas suspeitas ou confirmadas com o novo coronavírus tem crescido no HGE. Prova disso é que 90% dos leitos intermediários e 67% dos leitos clínicos para internados com a doença estão ocupados, de acordo com o relatório da Sesau. Ao mesmo tempo, 206 pessoas precisaram de cuidados médicos, aparentemente sem relação com o novo coronavírus, com complicações de doenças crônicas.

“É preciso que as pessoas se conscientizem sobre o agravamento da pandemia, evitem ambientes com reunião de pessoas, como praias, praças e estabelecimentos comerciais. É importante a higienização das mãos, o uso da máscara e evitar sair de casa sem necessidade. Além disso, convido toda à população a refletir sobre como esse período está sendo triste para tantas famílias. A empatia e a solidariedade devem ser mais praticadas”, afirmou o gerente do HGE, Paulo Teixeira.

Na Central de Triagem para Covid-19, dos 233 pacientes que se submeteram à testagem, dez confirmaram o contágio.

Expansão Estadual

Em contrapartida, nesta terça-feira, a Secretaria de Estado da Saúde (Sesau) relatou a ampliação de leitos, que vem acontecendo gradativamente, durante os últimos 15 dias. O aumento de vagas exclusivas para o tratamento de pacientes com Covid-19 foi de 22,22%, com 178 novas vagas.

No dia 21 de fevereiro, Alagoas contava com 801 leitos exclusivos para o tratamento de pacientes infectados pelo novo coronavírus. Agora, segundo o boletim divulgado pela Sesau, na segunda-feira (8), o povo alagoano tem a disposição na Rede Pública de Saúde, 979 vagas, divididas em leitos clínicos, leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e leitos intermediários, localizados nas Unidades de Pronto Atendimento (UPAs).

As vagas estão distribuídas em 16 municípios alagoanos, em unidades hospitalares e em Unidades de Pronto Atendimento (UPAs) de Maceió, Arapiraca, Coruripe, São Miguel dos Campos, Delmiro Gouveia, Rio Largo, Campo Alegre, Santana do Ipanema, Girau do Ponciano, Viçosa, Maragogi, União dos Palmares, Porto Calvo, Marechal Deodoro, Palmeira dos Índios e Penedo.

De acordo com Lysgreth Sanchez, médica e coordenadora da Central de Regulação de Leitos da Sesau, a previsão é que, até o final de março, Alagoas tenha um total de 1.100 vagas para tratamento exclusivo da doença.

“Tivemos a necessidade de ampliar o número de leitos exclusivos por causa do aumento de novos casos do novo coronavírus. As novas vagas vão ajudar a resolver, de forma mais rápida e dinâmica, o atendimento desses pacientes, reforçando ainda mais a Rede Pública de Saúde do Estado”, destacou a médica.
Fonte – Jornal de Alagoas

#politica #politicaalagoana

fonte:blog.politicaalagoana.com.br

Compartilhe essa informação

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest
Share on telegram
Telegram
Share on whatsapp
WhatsApp

Notícias Relacionadas

Comente