A Hora da Notícia

Maceió inicia na sexta aplicação da 2ª dose da vacina Coronavac em crianças de 6 a 11 anos

Teste Banner Anuncio Titulo Post

Ascom SMS

Maceió inicia na próxima sexta-feira (4), a aplicação da segunda dose da vacina Coronavac para crianças de 6 a 11 anos que já completaram o intervalo de 28 dias desde a aplicação da primeira dose. A administração da vacina Coronavac para crianças teve início em Maceió no dia 4 de fevereiro e até o momento, foram aplicadas 21.905 doses do imunizante ao público infantil

A Prefeitura de Maceió tem reforçado as ações para estimular a vacinação das crianças, público prioritário do atual momento da campanha nacional de vacinação contra a Covid-19.

Até o momento, foram vacinadas 40.730 crianças de 5 a 11 anos, com cobertura de 41,7% da população pediátrica preconizada para a imunização.

Onde vacinar as crianças a partir de 5 anos

Maceió Shopping (segunda a sábado, das 9h às 21h)

Terminal de Ônibus do Osman Loureiro, no Clima Bom (segunda a sábado das 9h às 16h)

Papódromo, no Vergel do Lago (segunda a sábado das 9h às 16h)

Praça Padre Cícero, no Benedito Bentes (segunda a sábado das 9h às 16h)

Shopping Pátio Maceió (segunda a sábado das 15h às 21h; domingo das 12h às 18h)

Onde vacinar crianças a partir de 6 anos

II DS – US Durval Cortez (Prado – 9h às 20)

II Centro de Saúde (Poço – 9h às 16h)

ESF Ouro Preto (9h às 16h)

ESF Cláudio Medeiros (Rio Novo – 9h às 16h

US Paulo Leal (Feitosa – 9h às 16h)

US Arthur Ramos (Henrique Equelman – 9h às 16h)

Unidade Docente Assistencial Professor Gilberto de Macedo (Ufal – 9h às 16h)

US Vanderli Maria de Andrade (Riacho Doce – 9h às 16h)

Relacionadas:

FÁTIMA PIRAUÁJustiça rejeita mandado de segurança contra juíza alagoana que obrigou vacinação infantil

Para vacinar o público de 5 a 11 anos, é necessário que as crianças estejam acompanhadas dos pais ou de adulto responsável. Os pais devem apresentar o próprio documento de identificação com foto, CPF e documentação da criança, que deve ser RG ou Certidão de Nascimento e Caderneta de Vacinação, CPF ou Cartão SUS.https://95aa3111b9f7fce3c0b0f29820cac3ba.safeframe.googlesyndication.com/safeframe/1-0-38/html/container.html

Caso os pais não estejam presentes é necessário o preenchimento do TERMO DE ASSENTIMENTO PARA ADMINISTRAÇÃO DA VACINA COMINARTY-PFIZER PEDIÁTRICA, além da cópia do documento de identificação do pai ou mãe, o qual ficará retido no ato da vacinação. Por fim, a Caderneta de Vacinação da criança e o CPF ou Cartão SUS.

Termo de assentimento para o público infantil de 5 a 11 anos

Caso a criança não tenha CPF ou Cartão do SUS será necessário apresentação da Certidão de Nascimento. Para as crianças com comorbidades, também será necessário apresentar a prescrição médica, que ficará retida no local da vacinação.

Salvo as crianças com comorbidades, a Secretaria Municipal de Saúde (SMS) não exigirá prescrição médica nem cadastro prévio para a vacinação de crianças que deverão estar obrigatoriamente acompanhadas pelos pais ou responsáveis e, na ausência destes, por adulto com declaração de autorização assinada pelos pais.

FONTE: GAZETAWEB

Compartilhe essa informação

Facebook
Twitter
LinkedIn
Pinterest
Telegram
WhatsApp

Notícias Relacionadas

Comente