A Hora da Notícia

Maceió registra crescimento de mais de 85% dos casos confirmados de dengue

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on telegram
Share on whatsapp
prefeitura junho

Divulgação

Dados da Secretaria de Saúde de Maceió mostram que houve um aumento de 86,11% do número de casos confirmados de dengue na capital, entre janeiro e cinco de março de 2022, na comparação com o mesmo período do ano passado.

Foram 134 casos notificados, com 116 confirmados para dengue em 2022, segundo a Secretaria Municipal de Saúde. Já em 2021, 72 casos foram notificados.

Em relação ao zika vírus, foram seis casos notificados, sendo três confirmados, um aumento de 20% em relação ao mesmo período de 2021, quando foram registradas cinco notificações.

Quando se fala em febre chikungunya, sete casos foram noticiados na capital, com quatro confirmados, correspondendo a um aumento de 30%, em relação ao mesmo período de 2021, ano que registrou 10 casos da doença.

“Os agentes de endemias da Secretaria Municipal de Saúde continuam trabalhando nas áreas classificadas como médio e alto risco de transmissão de arboviroses, tendo Guaxuma (107,48 casos /100mil hab), Pajuçara (46,63 casos /100mil hab) e Farol (43,00 casos /100mil hab) como locais de maior incidência de casos de dengue”, informa a SMS sobre as localidades com mais casos de dengue.

As informações da Secretaria de Estado da Saúde (Sesau) apontam que, no mês de janeiro de 2022, foram 116 casos de dengue em Alagoas; três de chikungunya e nenhum de zika.

A SMS também atende as denúncias realizadas pelo Disque Dengue (3312-5495) e promove orientações à população, corrigindo situações que favoreçam a proliferação do mosquito transmissor.

fonte: gazetaweb

Compartilhe essa informação

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest
Share on telegram
Telegram
Share on whatsapp
WhatsApp

Notícias Relacionadas

Comente