A Hora da Notícia

Maceió tem 75% dos leitos de UTI para covid-19 ocupados

Teste Banner Anuncio Titulo Post

Marcello Casal jr/Agência Brasil

Com cinco mortes confirmadas nas últimas 24 horas e mais 448 pessoas positivadas para covid-19, os leitos das Unidades de Terapia Intensivas para a covid e Influenza em Maceió estão com 75% de ocupação. É o que aponta o Boletim de Ocupação da Secretaria de Saúde de Estado (SESAU).

O boletim mostra ainda que o hospital com maior número de leitos de UTI para adultos destinados exclusivamente para tratamentos graves de covid-19 está com 100% de ocupação. O Hospital da Mulher, que possui 40 leitos de UTI estava com todos eles indisponíveis para novos pacientes até a tarde desta quinta-feira (2). Já a UTI pediátrica do mesmo hospital possui 10 leitos, mas somente dois deles estão com vagas disponíveis.

Em toda Maceió há 102 leitos destinados ao tratamento da covid-19 e, deste total, 77 estão com pacientes. Já em Arapiraca, maior cidade de Alagoas depois da capital, dos 20 leitos existentes, 18 estão ocupados para o tratamento de casos graves.

Alagoas, por sua vez, tem 68% de ocupação dos leitos de UTIs para adultos.

Alagoas registra mais cinco óbitos por Covid-19 em 24h

Alagoas registrou mais cinco mortes em decorrência de complicações da Covid-19, segundo dados divulgados nesta quarta-feira (2), pela Secretaria de Estado da Saúde (Sesau). Ao todo, o estado contabiliza 6.451 óbitos. Além disso, 448 testaram positivo em 24h, ficando com 262.163 casos confirmados.

Do total de casos ativos, 6.518 pacientes estão em isolamento domiciliar. Outros 248.618 já finalizaram o período de isolamento, não apresentam mais sintomas e foram considerados como recuperados da doença. Ainda há 8.709 casos em investigação epidemiológica.

Entre os óbitos em 24h, uma vítima residia na capital alagoana e quatro no interior. A vítima de Maceió era um homem de 85 anos, que tinha transtorno depressivo e morreu no Hospital Arthur Ramos, em Maceió.

As vítimas do interior eram duas mulheres de 63 e 86 anos e dois homens de 67 e 71 anos. A mulher de 63 anos residia em Ibateguara, tinha doença cardiovascular e morreu no Hospital Regional da Mata (HRM), em União dos Palmares; a mulher de 86 anos morava em União dos Palmares, era hipertensa e morreu no Hospital Regional da Mata (HRM), em União dos Palmares; o homem de 67 anos morava em Branquinha, tinha diabetes, hipertensão e morreu no Hospital Metropolitano de Alagoas (HMA), em Maceió; e o homem de 71 anos morava em São Miguel dos Campos, tinha sequelas de um Acidente Vascular Encefálico (AVE) e morreu no Hospital de Emergência do Agreste (HEA), em Arapiraca.

*Com assessoria

fonte: Gazetaweb

Compartilhe essa informação

Facebook
Twitter
LinkedIn
Pinterest
Telegram
WhatsApp

Notícias Relacionadas

Comente