A Hora da Notícia

Mesmo após derrota, Jean Patrick mantém confiança no acesso do CRB: “Estamos na briga”

Gif-728x90-Master
BANNER-ANUNCIO-AHORADANOTICIA-JAND (2)

Divulgação/CRB

Os dias têm sido bem corridos no Ninho do Galo. A derrota para o Brusque, no início da semana, abalou as estruturas e deixou o clube distante do acesso – atualmente, em sexto lugar, com 57 pontos. Apesar disso, o volante Jean Patrick falou um pouco sobre o momento e acredita que tudo depende do CRB.

“Estamos na briga, vivos ainda. Claro que o último resultado não foi o que esperávamos, mas estamos na luta. Não podemos desanimar ou diminuir o ritmo agora. Temos que vencer nossas partidas, sem pensar muito nos adversários. O primeiro passo é fazer nossa parte”, afirmou Jean.

Com apenas três jogos para encerrar a temporada, o volante regatiano projetou os desafios que terá pela frente. Além do Moto Club, pelo Nordestão, o Galo ainda vai encarar o Vitória, que briga contra o Z4, e o Operário, que já está pensando em 2022.

“Vamos ter dois jogos bem complicados nesta reta final da Série B. O Vitória está lutando para sair do Z4 e é um clube grande, com um grupo bom, e o Operário. Dentro de casa é sempre muito difícil de ser batido. O grupo está confiante”, contou.

Apesar da confiança nos jogos da Série B, o Regatas ainda tem um desafio complicado na Copa do Nordeste. Como perdeu para o Moto em São Luís, o time tem que ganhar por dois gols de diferença nesta quinta (18), para conseguir a classificação.

“O jogo contra o Moto tem uma importância grande para o CRB. Perdemos o primeiro jogo e vamos ter a chance de reverter agora. Precisamos fazer uma grande partida para vencermos em casa e para levarmos o clube para o Nordestão em 2022”, finalizou Jean Patrick.

fonte: Gazetaweb

Compartilhe essa informação

Facebook
Twitter
LinkedIn
Pinterest
Telegram
WhatsApp

Notícias Relacionadas

Comente