A Hora da Notícia

Município vai notificar Secretaria de Estado da Saúde pelo não envio da 2ª dose de vacina

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on telegram
Share on whatsapp
PRESTAÇÃO DE CONTAS

Ponto de vacinação contra a Covid-19 foto: GGI Covid-19

A Prefeitura de Maceió está cobrando da Secretaria de Estado da Saúde (Sesau) transparência e planejamento para garantir a previsibilidade para a execução do Plano Municipal de Imunização contra a Covid-19. A Prefeitura lembra que o Município é responsável pela aplicação da vacina, mas é o Estado o guardião das doses enviadas pelo Governo Federal, e informa que está notificando a Secretaria de Estado da Saúde, para que as doses sejam enviadas de imediato.

Compete ao Estado repassar os imunizantes aos municípios, o que não ocorreu no caso de Maceió em relação à segunda dose da CoronaVac, até a noite dessa quarta-feira (21), comprometendo o andamento da vacinação e o trabalho que vem sendo realizado pela Prefeitura de Maceió.

Após comunicado oficial da Secretaria Municipal de Saúde informando que, até o momento, não recebeu a remessa das segundas doses das vacinas que devem ser aplicadas nesta quinta-feira (22), a Prefeitura foi surpreendida pela manifestação do secretário de Estado da Saúde, Alexandre Ayres, dando conta de que o governo tem vacinas em estoque.

O município de Maceió precisa de um total de 26 mil doses para aplicar a 2ª dose da vacina CoronaVac, mas foi informado pelo secretário Alexandre Ayres, em comunicado informal ao secretário municipal de Saúde, Pedro Madeiro, do envio de apenas 1.500 doses.

Em meio a isso, a Prefeitura suspendeu a aplicação da 2ª dose da CoronaVac enquanto não chegarem as novas remessas.

fonte:Gazetaweb

Compartilhe essa informação

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest
Share on telegram
Telegram
Share on whatsapp
WhatsApp

Notícias Relacionadas

Comente