A Hora da Notícia

Nadson atribui seu crescimento no CSA à chegada de Mozart para o comando da equipe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on telegram
Share on whatsapp
PRESTAÇÃO DE CONTAS

Nadson em treinamento durante a pré-temporada do CSA foto: Augusto Oliveira/CSA

Um dos destaques da grande recuperação do CSA na Série B de 2020, o meia Nadson teve seu contrato renovado e ficará mais um ano no Azulão. Na noite dessa segunda (22), o jogador concedeu entrevista coletiva e creditou a Mozart o crescimento de seu futebol no time marujo, além de não esconder a felicidade pela renovação.

“Desde a chegada do Mozart, tive um crescimento muito grande. Ele me deu muita confiança para desenvolver meu futebol. Estou muito feliz por ter renovado meu contrato e dar continuidade ao que vinha fazendo. Espero que eu dê muitas alegrias à torcida do Azulão e seguir com esse trabalho que está sendo muito bem feito”, disse Nadson.

Com o recorde de cinco campeões brasileiros, a Série B deste ano promete ser uma das mais disputadas da história. Nadson admitiu a dificuldade, mas disse que o CSA brigará para subir e afirmou que o time pensa em fazer um grande ano, não só no nacional, mas também, no estadual e Copas do Brasil e do Nordeste.

“Com certeza. O Brasileiro já foi bem difícil no ano passado, onde tivemos uma campanha de recuperação, porque não começamos bem o campeonato. Desde a chegada do Mozart, estávamos em 19º, tivemos que tratar cada jogo como uma final. Sei que esse ano também vai ser bem difícil, com os times que estão caindo. Temos que colocar na cabeça que temos de fazer um grande ano. Não só o Brasileiro para buscar o acesso, mas também, no Estadual, na Copa do Brasil e na Copa do Nordeste”, afirmou o jogador.

Nesta terça (23), o Azulão encerrará as atividades de pré-temporada no CT do Retrô, no Recife, e retornará a Maceió, para se preparar para a estreia do elenco principal no Alagoano, na próxima quinta (25), contra o Jaciobá, e na fase de grupos da Copa do Nordeste no próximo domingo (28), contra o Treze. Nadson revelou que o grupo está treinando forte nos últimos dias e elogiou a preparação da comissão técnica.

“A gente está trabalhando muito forte. É claro que a comissão técnica tem a consciência de quando tirar um pouco o pé, não é só trabalhar na loucura. Eles sabem fazer isso muito bem. Acho que o time está bem preparado para começar a temporada voando, para termos um ano muito bom”

Armador de jogadas do time, Nadson teve quatro gols e quatro assistências pelo CSA no ano passado. Flutuando no meio de campo, às vezes tendo que voltar para o campo de defesa, para buscar a bola, o meia foi destaque em 2020. O jogador explicou um pouco sobre como gosta de ser posicionado em campo.

“Eu gosto é de jogar. Mas esse jeito que o Mozart me põe pra jogar, como um terceiro homem de meio de campo e como meia atacante, gosto muito de jogar porque jogo mais solto. Na formação que ele joga, com saída e posse de bola, acabo pegando muitas bolas decisivas no jogo. Claro que tenho que cumprir funções de marcação, mas, para mim, isso não é problema”, completou.

Na próxima quinta (25), às 20h, o CSA irá visitar o Jaciobá pela segunda rodada do Campeonato Alagoano. Na estreia, não saiu do 0 a 0 contra o Murici, no último sábado (20), com um time recheado de garotos da base. A tendência é que Mozart coloque em campo os jogadores do time principal que já tenham sido regularizados.

fonte: Gazetaweb

Compartilhe essa informação

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest
Share on telegram
Telegram
Share on whatsapp
WhatsApp

Notícias Relacionadas

Comente