A Hora da Notícia

Neymar e Paquetá brilham e levam a Seleção para final da Copa América

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on telegram
Share on whatsapp
PRESTAÇÃO DE CONTAS

Wagner Meier/Getty Images

Na despedida do Engenhão, a Seleção Brasileira venceu o Peru por 1 x 0, com gol de Lucas Paquetá, e está garantido na final da Copa América.https://5d5b1f6909de949ef23cad3e3e5d90f7.safeframe.googlesyndication.com/safeframe/1-0-38/html/container.html

Este foi o segundo jogo seguido que o jogador do Lyon marca e dá a vitória para o Brasil. Agora, o time de Tite espera o adversário da decisão que sairá nesta terça-feira (6/7), no jogo entre Argentina x Colômbia, no Mané Garrincha, em Brasília.

O jogo

A primeira grande chance do jogo saiu logo na primeira tentativa brasileira. Aos 7 minutos, a Seleção rodou a bola, Paquetá tabelou com Everton Cebolinha, viu Richarlison infiltrando no meio dos marcadores e lançou o camisa 7 dentro da área. O jogador do Everton conseguiu ficar com a bola dentro da área, mas foi atrapalhado por Gallese e não conseguiu chutar. Ao invés disso, ele protegeu ela e entregou para Neymar que chegava na entrada da área e acabou finalizando para fora.

Casemiro e Everton Cebolinha tentaram em lances seguidos e pararam no goleiro peruano. Aos 18, depois de uma linda jogada, com direito a passe de letra do camisa 5 para Lucas Paquetá, o meia do Lyon cruzou rasteiro para Neymar dentro da área. O 10 chegou chutando de primeira para uma grande defesa de Gallese e o rebote ficou no pés de Richarlison, que também teve a finalização salva pelo arqueiro adversário.

Com o Peru ainda sem conseguir jogar, apenas na marcação e sem passar criar jogadas de ataque, o Brasil abriu o placar aos 34. Os peruanos erraram e Richarlison entregou a bola para Neymar, que acelerou, entrou na área, fez o que fez com a marcação e deu para Lucas Paquetá, sozinho na grande área, bater pro fundo das redes.about:blank

Ao fim da primeira etapa, a Seleção acumulava 64% de posse de bola e finalizou dez vezes, sendo sete no alvo, contra apenas uma do Peru, que foi sem direção.

2º tempo

Precisando correr atrás do prejuízo a seleção peruana entrou com uma atitude diferente depois do intervalo. Aos 3 minutos, Lapadula recebeu aberto pela direito, carregou para o meio, conseguiu se livrar da marcação de Thiago Silva e finalizou com força. Ederson estava ligado no lance e fez boa defesa.

No minuto 15, o Peru encontrou espaço na defesa brasileira mais uma vez, mas novamente o guardião do City impediu o gol de empate. Aos 34, Callens apareceu no alto para cabecear, antecipando Ederson, e quase balançou as redes.

O jogo seguiu truncado e brigado, sem alteração no placar final.

fonte: Gazetaweb

Compartilhe essa informação

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest
Share on telegram
Telegram
Share on whatsapp
WhatsApp

Notícias Relacionadas

Comente