A Hora da Notícia

Pela 2ª vez, servidores da ADEAL cobram do Governo de Alagoas vacinação contra a Covid-19

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on telegram
Share on whatsapp
PRESTAÇÃO DE CONTAS

Assessoria

Em ofício e por meio de manifestação virtual nesta terça-feira (25), o Sindicato dos Servidores da Fiscalização Estadual Agropecuária de Alagoas (Sinfeagro/AL), entidade que representa os servidores da Agência de Defesa e Inspeção Agropecuária de Alagoas (ADEAL), cobrou mais uma vez a vacinação imediata contra a Covid-19 dos servidores da Agência.https://3d344d576750a0e8b31052c871d964b3.safeframe.googlesyndication.com/safeframe/1-0-38/html/container.html

Segundo a categoria, o Governo de Alagoas anunciou o encerramento da vacinação dos grupos prioritários em todo o estado, mas, no cronograma, os servidores da ADEAL não foram incluídos. No documento e na manifestação, os servidores da ADEAL cobram a vacinação de toda a categoria, que já fez o pedido ao Governo de Alagoas em janeiro deste ano, mas o pedido foi negado.

A diretoria do Sinfeagro informou ainda que somente os médicos veterinários do órgão estão sendo imunizados, pois são considerados como trabalhadores da saúde. “Alguns municípios não nos reconhecem como da área da saúde e não aceitam a vacinação”, disse a presidente da entidade, Flávia Marques.

“Pedimos a vacinação de cerca de 50 servidores que ainda não foram imunizados, pois continuamos contribuindo com o Estado e estamos vulneráveis ao vírus, inclusive enfrentando dificuldades estruturais do serviço enquanto desempenham suas atividades essenciais à população alagoana e ao setor de Agronegócio do Estado, sem nenhuma interrupção desde o início da pandemia, adequando e mantendo os serviços e atividades em acordo com os decretos Estaduais que relaciona os serviços da ADEAL como atividade essencial no dia 20 de março de 2020”, completou ela.

*com informações da assessoria.

fonte: Gazetaweb

Compartilhe essa informação

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest
Share on telegram
Telegram
Share on whatsapp
WhatsApp

Notícias Relacionadas

Comente