A Hora da Notícia

Pesquisa: Sertão coloca Albuquerque na liderança para governo e Renan Filho para o Senado

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on telegram
Share on whatsapp
PRESTAÇÃO DE CONTAS

Pesquisa: Sertão coloca Albuquerque na liderança para governo e Renan Filho para o Senado

Se o pleito eleitoral de 2022 fosse hoje e dependesse apenas da população do Sertão, o deputado estadual Antonio Albuquerque seria eleito governador de Alagoas com 17% dos votos. É isso que aponta pesquisa exclusiva do Instituto Falpe, na qual foram ouvidas 2.339 pessoas em praticamente todos os municípios sertanejos, entre os dias 18 de junho e 3 de julho.

Na pergunta estimulada “desses nomes citados, em quem você votaria para governador?”, depois de Albuquerque (17%) aparecem o senador Rodrigo Cunha (11,75%) e o ex-prefeito de Maceió, Rui Palmeira (11,25%), empatados tecnicamente. Em seguida, Ricardo Barbosa (4,5%); o deputado estadual Davi Davino Filho (3,75%); o deputado estadual Marcelo Victor (2%); Cícero Filho (1,75%); o secretário da Saúde de Alagoas, Alexandre Ayres (1,5%); e Josan Leite (1,5%). Nenhum e não opinaram somaram, respectivamente, 19,5% e 25,5%.

Em relação ao índice de rejeição, à pergunta “desses nomes citados, em quem você não votaria para governador?”, a grande maioria (55,5%) não opinou e 19,5% disseram não rejeitar nenhum dos candidatos postos. Entre os possíveis pré-candidatos houve um empate técnico: 4% responderam que não votariam em Ricardo Barbosa e 3,75% que não votariam em Josan Leite; seguidos de Marcelo Victor (3,5%); Alexandre Ayres (3%); Antonio Albuquerque (2,5%); Rui Palmeira (2,5%); Davi Davino Filho (2%); Rodrigo Cunha (2%); e Cícero Filho (1,75%).

Senado

Para o Senado, dos nomes citados, 40% dos sertanejos ouvidos pelo Instituto Falpe responderam que votariam no governador Renan Filho e 30% no senador Fernando Collor. O ex-governador e vice-prefeito de Maceió, Ronaldo Lessa, aparece com 12,75% das intenções de votos. Nenhum e Não opinaram comam 5,75% e 11,5%, respectivamente.

Questionados sobre em quem não votariam para senador, a maioria (43,5%) não opinou. Collor e Lessa lideraram o índice de rejeição, com 17% e 16%, respectivamente e Renan Filho foi citado por 12% dos entrevistados.

Sobre em quem, dos nomes citados, votariam para presidente, o ex-presidente Lula ficou na frente com larga vantagem de 71,5%. O presidente Jair Bolsonaro foi escolhido por 11%, seguido de Ciro Gomes (4%) e do governador de São Paulo, João Doria (0,75%). Nenhum (6%) e Não opinaram (6,75%).

Em relação à pergunta “dos nomes citados, em quem você não votaria para presidente”, Bolsonaro liderou o índice de rejeição, com 41%. Lula e Ciro Gomes foram citados por 8% dos entrevistados, cada, e João Doria por 7%. Nenhum (6%) e Não opinaram (30%).

Avaliações

O Instituto Falpe também avaliou as gestões de Bolsonaro e Renan Filho e 64% responderam que desaprovam a gestão do presidente da República, contra 23% que aprovam e 13% que não opinaram.

Já a aprovação do governo Renan Filho foi de 57,5%. Responderam que desaprovam, 23,5% e 19% não opinaram.

A pesquisa abrangeu 21 municípios: Cacimbinhas, Dois Riachos, Santana do Ipanema, Olivença, Carneiros, Olho D’Água das Flores, Major Izidoro, Batalha, Belo Monte, Jacaré dos Homens, Monteirópolis, Pão de Açúcar, São José da Tapera, Maravilha, Poço das Trincheiras, Canapi, Inhapi, Mata Grande, Pariconha, Delmiro Gouveia e Piranhas.
Fonte – Cada Minuto

politica #politicaalagoana

fonte: blog.politicaalagoana.com.br

Compartilhe essa informação

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest
Share on telegram
Telegram
Share on whatsapp
WhatsApp

Notícias Relacionadas

Comente