A Hora da Notícia

Prefeitura de Maceió notifica governo de AL por falta de alvará em obras no antigo Alagoinhas

Cópia de sua marca aqui (2)
BANNER-ANUNCIO-AHORADANOTICIA-JAND (1)

FOTO: Divulgação

O Estado de Alagoas foi notificado, nesta terça-feira (31), a paralisar, por falta de alvará, a obra do Alagoinhas, na orla de Ponta Verde, em Maceió. A reforma do local já se arrasta há quase cinco anos, com paralisações e mudança de projetos no histórico.

A Prefeitura de Maceió deu 10 dias de prazo para que o Estado apresente à Secretaria Municipal de Desenvolvimento Territorial e Meio Ambiente (Sedet) o alvará. Caso não apresente o documento, o Estado será autuado e multado em R$ 23.464,11 e a obra será embargada.

Após ficar paralisada por mais de um ano, as obras no local foram retomadas pela Secretaria de Estado da Infraestrutura (Seinfra) em junho de 2020. Nesta terça (31), o secretário de Infraestrutura de Alagoas, Maurícia Quintella, esteve no local e falou sobre a reforma e o projeto.

A reforma está orçada em R$ 9,3 milhões. No ano passado, o governo do Estado chegou a dizer que a previsão para a conclusão das obras era no início deste ano, o que não aconteceu. A recuperação do local conta com recursos oriundos do Governo Federal e contrapartida do Estado.

Em junho de 2020, a Seinfra informou que já tinha executado 40% da construção e que faltavam alguns ambientes, como os camarins e banheiros, e que a expectativa é que “dentro de 6 meses a obra esteja pronta”, o que também não aconteceu.

O marco referencial do turismo deve reunir cultura, culinária e arte, com área de 3.685,05 m², que abrigará praça de alimentação e eventos, concha acústica, quiosques, espaço cultural, camarins e mirantes com vista para o mar.

Gazetaweb entrou em contato com a assessoria de comunicação da Seinfra, que afirmou que não está sabendo da notificação e que a obra estava sendo tocada.

fonte: Gazetaweb

Compartilhe essa informação

Facebook
Twitter
LinkedIn
Pinterest
Telegram
WhatsApp

Notícias Relacionadas

Comente