A Hora da Notícia

Presidente da federação francesa quer que Mbappé fique no PSG: “Mais chance na Bola de Ouro”

Teste Banner Anuncio Titulo Post

FRANCK FIFE / AFP

Em entrevista ao jornal “Ouest France”, o presidente da Federação Francesa de Futebol fez campanha pela renovação de Mbappé com o Paris Saint-Germain. Segundo Noel le Graet, o jogador, que é o principal alvo do Real Madrid para a próxima temporada, teria mais possibilidades de ser eleito o melhor jogador do mundo caso permanecesse na França.

– Desejo que o Kylian (Mbappé) fique em Paris. Para o futebol francês é positivo ter um dos melhores jogadores do mundo, se não o melhor, no seu campeonato. Ele tem mais chance de ganhar a Bola de Ouro com o PSG do que indo embora – afirmou o responsável pelo futebol na França.

A imprensa espanhola crava o acerto de Mbappé com o Real Madrid, embora diga que o anúncio só acontecerá no fim da temporada. O PSG ainda tinha esperança de renovar, mas, depois da eliminação traumática na Liga dos Campeões, as chances diminuíram ainda mais. Le Graet argumenta sobre a dificuldade na adaptação que o jogador atravessa em uma transferência para outro país.

– Quando se muda de clube, é sempre preciso passar por um período de adaptação. O PSG atravessa uma pequena crise (após a eliminação da Liga dos Campeões contra o Real Madrid), mas continua sendo um grande clube – completou.

O Campeonato Espanhol tem um maior investimento financeiro que o Campeonato Francês, além de os clubes espanhois terem melhor desempenho nas competições continentais. Apesar disso, o presidente da federação francesa, não considera a LaLiga melhor que a Ligue One. Ele também não acredita ser vital para a seleção da França ter uma dupla entre Mbappé e Benzema no Real Madrid.

– São dois jogadores acima da média que se entendem bem. Mas mim não há problemas se um joga no Real e outro no PSG. Como a Alemanha tem com o Bayer Munique, gostaria de ter uma espinha dorsal da seleção de cinco ou seis jogadores do mesmo clube, mas não é uma realidade no futebol atual. E fomos campeões do mundo com jogadores espalhados por clubes diferentes – disse.   fonte: gazetaweb

Compartilhe essa informação

Facebook
Twitter
LinkedIn
Pinterest
Telegram
WhatsApp

Notícias Relacionadas

Comente