A Hora da Notícia

Projeto “O parque te escuta” retoma atendimento presencial neste sábado

Cópia de sua marca aqui (2)
BANNER-ANUNCIO-AHORADANOTICIA-JAND (1)

ASCOM SUDES

O projeto “O parque te escuta”, que atua com plantão psicológico, retorna com ações presenciais a partir deste sábado (22). O atendimento é gratuito e funcionará das 9h às 12h, no Parque do Horto, localizado no bairro Farol, na capital alagoana. Devido à pandemia da Covid-19, as atividades do projeto estavam acontecendo nas redes sociais.

A proposta desse exercício foram encabeçadas pelas psicólogas Karine Braga e Christiane de Sá Dantas, e teve cooperação da Prefeitura de Maceió. O intuito é ouvir os visitantes e esclarecer dúvidas sobre saúde mental.

Os frequentadores do Parque do Horto serão atendidos de forma pontual e, conforme necessidade individual, terão probabilidade de serem encaminhados para atendimento terapêutico a longo prazo. Para ser atendido, as pessoas precisam levar a carteira de identidade para efetuar o cadastro. As vagas são limitadas.

A utilização de máscara de proteção é obrigatório para quem irá ao parque, além da aferição a temperatura na porta e a higienização das mãos com álcool em gel.

Segundo a psicóloga Ana Karine Braga, a pandemia modificou a saúde mental das pessoas, colaborando para o desequilíbrio emocional. “A preocupação com o vírus, a doença, os problemas financeiros, as mudanças sociais e até o isolamento contribuíram para o desequilíbrio emocional. Aumentando, assim, os casos de depressão, ansiedade, pânico, fobias. O projeto trabalha no sentindo de prestar apoio através do plantão, para que as pessoas consigam identificar seus problemas e assim buscarem ajuda necessária e especializada”, relatou.

A coordenadora dos parques, Rafaela Brito, assegurou que é de suma importância eventos visando a saúde do ser humano e que possam ser executados ao ar livre. “O Parque do Horto por si só proporciona ao visitante um bem-estar, um contato com a natureza que é bastante legal para a saúde. O plantão completa essa medicação da mente, com um atendimento mais especializado e focado na resolução desses problemas.”

fonte: Gazetaweb

Compartilhe essa informação

Facebook
Twitter
LinkedIn
Pinterest
Telegram
WhatsApp

Notícias Relacionadas

Comente