A Hora da Notícia

Red Bull Powertrains: Honda e Red Bull Racing entram em acordo sobre os próximos anos na F1

Gif-728x90-Master
BANNER-ANUNCIO-AHORADANOTICIA-JAND (2)

RBR divulgação

A Red Bull e a Honda revelaram, nesta quinta-feira (7), como trabalharão juntas após a saída da montadora japonesa da Fórmula 1, no final da temporada atual. E, para homenagear a montadora Japonesa, a equipe austríaca revelou uma pintura especial no GP da Turquia, realizado neste fim de semana.

Como esperado, a Honda seguirá apoiando de perto as duas equipes da Red Bull (RBR e AlphaTauri) em 2022, enquanto, em 2023, veremos uma transição para o controle total da nova divisão de produção de motores, a Red Bull Powertrains, que fabricará e fornecerá todos os motores (Power Units) para a equipe austríaca e a AlphaTauri, tudo isso com a tutela da gigante japonesa.

Alguns funcionários ingleses da área de desenvolvimento de corridas da Honda serão transferidos para a Red Bull Powertrains, ajudando a garantir uma continuidade do trabalho excelente que as duas empresas vêm construindo juntas, enquanto as duas companhias também trabalharão lado a lado em projetos fora da elite dos esportes automotivos (F1).

Detalhes em Japonês também são destaque desta pintura especial e comemorativa – Foto: RBR divulgação

Em comunicado, a Red Bull destaca: “O acordo de diversificação verá o grupo de companhias da Red Bull e a Honda trabalhando em diversas atividades do automobilismo, garantindo a transição do desenvolvimento da unidade de potência da Honda para a Red Bull Powertrains, programa de jovens pilotos, iniciativas de marketing e branding, além de atividades competitivas em diversas disciplinas do esporte.”

O comunicado ainda diz que a RBPT terá “o direito de usar a propriedade intelectual da Honda referente às unidades de potência a partir de 2022″, na Fórmula 1.

O chefe da Red Bull, Christian Horner, deixou claro que o contínuo apoio em 2022 será de extremo valor. Horner disse que “a colaboração da Red Bull com a Honda tem sido bem-sucedida e, enquanto nossa relação na F1 será modificada, nenhum de nós gostaria que esse fosse o fim da história.”

Horner continuou e alegrou-se ao relembrar o sucesso da parceria com a montadora asiática “Estamos muito felizes que o nosso ambicioso e emocionante projeto da Red Bull Powertrains terá um forte apoio da Honda, tecnicamente e operacionalmente em 2022, e isso ajudará a garantir que a transição da Red Bull para o status de fornecedora de motores seja impecável”, contou.

Koji Watanabe, chefe de branding da Honda e operações de comunicação, também se pronunciou sobre a mudança. “Estou feliz que tenhamos chegado a um acordo com o Grupo Red Bull, cobrindo todos os detalhes dos direitos de propriedade intelectual para a unidade de potência da F1. e completou dizendo que: “Assim a Honda seguirá contribuindo para o mundo do esporte a motor.”

A Red Bull confirmou ainda que sua equipe irmã AlphaTauri e o Projeto ‘Fórmula Dream’ da Honda seguirão trabalhando juntas para draftar jovens pilotos japoneses, para seguir os passos de Yuki Tsunoda.

Detalhes do carro visto pela lateral – Foto: RBR divulgação

Honda e Red Bull além da F1

As duas empresas ainda “expandirão suas cooperações para criar uma presença conjunta em várias formas de esporte a motor, em outros esportes e em atividades gerais para aumentar o alcance de ambas as marcas, particularmente promovendo os produtos inovadores de mobilidade da Honda para um público mais amplo, ajudando a companhia a atingir seu objetivo de neutralizar as emissões de carbono em suas operações”, completou Watanabe, com tom de sucesso.

A Honda também confirmou que todas as duas atividades no esporte automotor, incluindo o apoio à Red Bull em 2022, serão realizadas embaixo das asas da Honda Racing Corporation, que é a divisão responsável pelos esforços da marca na motovelocidade.

“Isso reforçará as operações da Honda no esporte a motor e no branding, tornando-a mais eficiente na integração de tecnologias e experiências que ganhamos em nossas atividades de quatro e duas rodas”, afimou.

Pintura vista de frente – Foto: RBR Divulgação

fonte: Gazetaweb

Compartilhe essa informação

Facebook
Twitter
LinkedIn
Pinterest
Telegram
WhatsApp

Notícias Relacionadas

Comente