A Hora da Notícia

Rogério Caboclo é acusado de assédio moral por diretor da CBF: “incompetente”

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on telegram
Share on whatsapp
PRESTAÇÃO DE CONTAS

Reuters/Jorge Adorno/Direitos Reservados

Depois de ser acusado de assédio sexual e moral contra uma funcionária, Rogério Caboclo, presidente afastado da CBF, agora foi acusado também de ofender moralmente um diretor da entidade.

Fernando França, diretor de tecnologia da informação da CBF, entregou a denúncia ao Comitê de Ética da confederação no dia 22 de junho. A informação é do site Globo Esporte.

França disse que foi “injuriado, difamado e sofreu agressões ameaçadoras, o que, sem dúvida, caracteriza abuso de poder e afronta ao princípio da moralidade”. Na denúncia, o diretor diz que uma das ofensas ocorreu no apartamento de Caboclo, no Rio de Janeiro. Caboclo teria chamado França de incompetente e amador.

Rogério Caboclo está afastado da presidência da CBF desde o dia 6 de junho.

fonte: Gazetaweb

Compartilhe essa informação

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest
Share on telegram
Telegram
Share on whatsapp
WhatsApp

Notícias Relacionadas

Comente