A Hora da Notícia

Sanatório diz que salários de grevistas poderão ser pagos esta semana

Teste Banner Anuncio Titulo Post

Sanatório diz que salários de grevistas poderão ser pagos esta semana

Devido às manifestações de funcionários do Sanatório, que iniciaram um movimento grevista no dia 3 de fevereiro, a unidade de saúde afirmou em audiência nesta quarta-feira (9), que irá efetuar o pagamento salarial do mês de novembro, a quitação da folha de dezembro e de cerca de 50% a 60% dos salários de janeiro. Segundo o diretor financeiro do hospital, os pagamentos poderão ser realizados ainda nesta semana, assim que houver o repasse a ser feito pelo município de Maceió.

O presidente do Sindicato dos Auxiliares e Técnicos de Enfermagem no Estado de Alagoas (SATEAL), Mário Jorge Machado Barros, afirmou que, caso essa previsão seja cumprida, os trabalhadores encerrarão o movimento paredista imediatamente.

A audiência foi conduzida pelo vice-presidente e corregedor do Regional Trabalhista, desembargador João Leite de Arruda Alencar. O magistrado destacou a necessidade de se buscar uma solução para que o Estado consiga resolver os problemas administrativos que vêm ocasionando os constantes atrasos dos repasses à Liga.

Segundo Machado Barros, é preciso agendar uma reunião com representantes do governo do Estado, com a finalidade de se obter um posicionamento mais claro acerca das medidas que devem ser adotadas para equacionar a situação e, assim, evitar que os trabalhadores continuem sofrendo com os atrasos salariais. Mais uma audiência foi agendada para as 15h do dia 17 de fevereiro.

O diretor financeiro do hospital participou da audiência telepresencial de conciliação de dissídio coletivo promovida pelo Tribunal Regional do Trabalho da 19ª (TRT-19ª). A audiência de conciliação foi ajuizada pelo próprio hospital em face de entidades sindicais que representam as diversas categorias de trabalhadores da área da saúde.

Participaram da audiência o procurador-chefe do Ministério Público do Trabalho da 19ª Região, Rafael Gazzanéo; o presidente do Sindicato dos Empregados em Estabelecimento de Serviços de Saúde no Estado de Alagoas, Francisco Lima; e a presidente do Sindicato dos Técnicos em Radiologia do Estado de
Alagoas (Sintraeal), Shirley Mota da Costa.

Integram o polo passivo do dissídio coletivo de greve os Sindicatos dos Auxiliares e Técnicos de Enfermagem no Estado de Alagoas (SATEAL), dos Técnicos em Radiologia (SINTRAEAL), dos Técnicos, Citotécnicos e Auxiliares de Laboratório de Análises Clínicas e Médicas (SINTECAL) e dos Empregados em Estabelecimento de Serviços de Saúde no Estado de Alagoas.

*Com TRT/AL

fonte: Gazetaweb

Compartilhe essa informação

Facebook
Twitter
LinkedIn
Pinterest
Telegram
WhatsApp

Notícias Relacionadas

Comente