A Hora da Notícia

Serviço Geológico do Brasil registra inundação na bacia do rio Mundaú em Alagoas

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on telegram
Share on whatsapp
prefeitura junho

Crédito das fotos: Defesa Civil de União dos Palmares

O Serviço Geológico do Brasil (SGB-CPRM), por meio da Superintendência Regional de Recife vem realizando previsões hidrológicas e divulgando boletins do Sistema de Alerta Hidrológico (SAH) da Bacia do Rio Mundaú. O monitoramento apontou com antecedência que o rio atingiria a cota de inundação em Alagoas nas cidades de União dos Palmares (4,88m) e Murici (5,05m). Equipes do SGB-CPRM estão acompanhando a situação nas cidades alagoanas, realizando a medição do nível do rio em União e também em Santana do Mundaú.

Vinculado ao Ministério de Minas e Energia (MME), o SGB-CPRM está emitindo boletins sequenciais e previsões, que continuam apontando que o rio continuará em elevação nas próximas horas devido às fortes chuvas que atingem o estado. As informações do monitoramento estão sendo encaminhadas aos gestores municipais para subsidiar a tomada de decisões por parte dos órgãos relacionadas à mitigação dos impactos de eventos hidrológicos extremos, tendo como principal objetivo salvaguardar a vida da população atingida, sobretudo as famílias ribeirinhas.

O Sistema de Alerta Hidrológico da bacia do rio Mundaú possui oito pontos de monitoramento nos rios Mundaú, Canhoto e Inhumas, com previsão hidrológica para os municípios alagoanos de União dos Palmares e Murici, beneficiando uma população de 89.064 habitantes. A bacia do rio Mundaú abrange uma área de 4.150km², sendo 52% no estado de Pernambuco e 48% em Alagoas. O monitoramento da bacia conta com o apoio da Agência Pernambucana de Águas e Clima (APAC) e da Secretaria do Meio Ambiente e dos Recursos Hídricos de Alagoas (SEMARH).

Todos os dados estão disponíveis para consulta pública no portal do Sistema de Alerta de Eventos Críticos (SACE), onde estão reunidas todas as informações disponíveis para cada bacia hidrográfica, como o monitoramento automático de chuvas e níveis de rios em diversas estações hidrometeorológicas, os links para os mapas de riscos dos municípios e todos os boletins de monitoramento e alertas publicados. Para acompanhar os dados do SACE, basta acessar o link http://www.cprm.gov.br/sace/mundau.

*com Assessoria

fonte: cadaminuto.com.br

Compartilhe essa informação

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest
Share on telegram
Telegram
Share on whatsapp
WhatsApp

Notícias Relacionadas

Comente