A Hora da Notícia

SMTT determina ampliação da frota de ônibus na capital para evitar aglomerações

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on telegram
Share on whatsapp
PRESTAÇÃO DE CONTAS

SMTT determina ampliação da frota na tentativa de evitar aglomerações nos ônibus foto: Ascom SMTT

A Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito (SMTT) determinou às empresas de ônibus de Maceió o aumento mínimo de 20% da frota para evitar aglomerações nos coletivos. A medida foi publicada na edição desta quinta-feira (11), do Diário Oficial do Município (DOM), e é uma tentativa do órgão para minimizar o risco de contágio pelo coronavírus.

Com a portaria, as empresas concessionárias do Sistema Integrado de Mobilidade de Maceió (SIMM) ficam obrigadas a ofertar, de imediato, quantidade de veículos que ultrapassem o percentual previsto. Elas também podem, quando necessário, flexibilizar a operação de saída dos veículos, inclusive, permitindo o início da viagem de pontos distintos aos terminais.

A SMTT determinou, ainda, o retorno imediato das viagens semi-expressas das linhas: 223 – Ipioca/Mercado (via Poço); 604 – Eustáquio Gomes/Terminal Cruz das Almas; 716 – Clima Bom/Ponta Verde; 906 – Pontal/UFAL; e 704 – Benedito Bentes/Ponta Verde.

Na semana passada, o órgão liberou a criação da linha 601 (Benedito Bentes – Jatiúca, via Eco Via Norte) e anunciou melhorias em outros itinerários que cruzam a cidade.

Os usuários e funcionários do transporte devem adotar, obrigatoriamente, as medidas preventivas contra o coronavírus, como uso de máscaras. Durante as viagens, os veículos devem circular com as janelas abertas. A sanitização dos coletivos precisa ser feita antes e depois da operação, no retorno à garagem.

Na mesma portaria, o superintendente da SMTT Maceió, André Costa, manteve a proibição da utilização do Cartão Bem Legal, na modalidade Cidadão, para o programa “Domingo é Meia”, e informou que a fiscalização para as novas regras será feita diariamente.

O descumprimento, conforme consta na portaria, pode levar o órgão a autorizar o transporte de passageiros alheio ao sistema de integração.

fonte: Gazetaweb

Compartilhe essa informação

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest
Share on telegram
Telegram
Share on whatsapp
WhatsApp

Notícias Relacionadas

Comente