A Hora da Notícia

Tiago Abravanel pergunta o que é Fies no Big Brother e gera polêmica

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on telegram
Share on whatsapp
prefeitura junho

A falta de conhecimento do brother sobre o projeto gerou reações nas redes sociais | Foto: Reprodução / TV Globo

Em conversa com Jessilane no Big Brother Brasil 22, Tiago Abravanel demonstrou desconhecimento sobre o Fies, Fundo de Financiamento Estudantil, programa do governo federal que oferece crédito para alunos pagaram cursos em universidades privadas. Após a formatura, os estudantes precisam quitar o empréstimo.

A bióloga contava para o neto de Silvio Santos sobre a sua história de vida e como ela fez para pagar a faculdade após não conseguir entrar em uma instituição pública. “Fiz o financiamento estudantil numa faculdade particular, mas no curso que eu queria, que era biologia, né.” “O que é o financiamento estudantil?”, questionou Tiago. “O Fies. Já ouviu falar no Fies?”, indagou ela. “Já ouvi falar, mas conta o que é”, respondeu o ator e cantor.   PUBLICIDADE

A falta de conhecimento do brother sobre o projeto gerou reações nas redes sociais. “Tiago Abravanel realmente é só decepção. Além de encarnar o Osho da Anhanguera, essa noite ele perguntou a Jessilane o que era Fies”, afirmou um internauta no Twitter.

“A pessoa não saber o que é Fies diz muito sobre a realidade da desigualdade social no país”, escreveu outra internauta.

“Tudo bem ele não precisar do Fies, mas não saber o que é? Um dos principais programas do governo voltados para a educação. E o cara paga de politizado, conscientizado”, criticou outra.

O FIES Estabelecido por lei em 2001, no governo Fernando Henrique Cardoso (PSDB), o Fies passou por uma expansão significativa sobretudo a partir do governo de Dilma Rousseff (PT). Do total, 79% dos contratos foram assinados de 2011 em diante.

O programa é operado pelo FNDE (Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação), vinculado ao Ministério da Educação, que solicita os recursos ao Tesouro Nacional. O MEC divulgou em dezembro do ano passado que o Fies deve oferecer 110.925 vagas em 2022. “No primeiro semestre, os estudantes terão acesso a 66.555 vagas, 60%, e 44.370 vagas, no segundo semestre, 40% do total”, disse a pasta. O período de inscrição será de 8 a 11 de março no site do programa.

Em 2014 o Fies ofereceu o maior número de vagas para um ano, 732 mil. O programa encolheu e tem cerca de 100 mil vagas disponíveis a cada ano desde 2018. Para se inscrever no programa, o estudante deve ter participado de alguma edição do Enem (Exame Nacional do Ensino Médio) a partir de 2010. O participante precisa ter notas iguais ou acima de 450 pontos e nota diferente de zero na redação no exame. Outro critério é o da renda familiar mensal, que tem que ser de até três salários mínimos por pessoa.

Em grande parte, o Tesouro emite títulos públicos para obter o dinheiro, o que gera um impacto direto na dívida pública. Pelo fato de seus riscos serem em maior parte bancados pela União, o programa é alvo frequente de análises dos diferentes governos e já passou por sucessivas mudanças para mitigar o risco para os cofres públicos.

O programa financia até 100% do valor dos encargos educacionais cobrados pelas instituições de ensino que aderem ao fundo, dependendo da renda familiar mensal bruta e do comprometimento com os custos da mensalidade.

fonte: tnh1

Compartilhe essa informação

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest
Share on telegram
Telegram
Share on whatsapp
WhatsApp

Notícias Relacionadas

Comente