A Hora da Notícia

Trabalhadores do Uber, 99 e iFood marcam paralisação para hoje

Teste Banner Anuncio Titulo Post

Trabalhadores do Uber, 99 e iFood marcam paralisação para hoje

Entregadores e motoristas de aplicativos marcaram para esta terça-feira (29) uma paralisação de um dia por melhoria nos ganhos e nas condições de trabalho em empresas como Uber, 99 e iFood.

Organizadores dizem que os protestos terão alcance nacional, com mobilização em todas as capitais. Trabalhadores de Santos, Ribeirão Preto, Campinas (SP), Campos, Volta Redonda, Região dos Lagos (RJ) e Juiz de Fora (MG) também vão aderir à manifestação.

O início do ato está previsto para as 8h em todo o país.

Segundo os trabalhadores de apps, os recentes aumentos no preço dos combustíveis diminuíram os ganhos com corridas e entregas. As demandas incluem, por exemplo, reajuste que reponha as altas recentes do GNV (Gás Natural Veicular), corrida mínima no valor de R$ 10 e regulamentação da profissão.

Nesta semana também está previsto um segundo ato de trabalhadores de aplicativos. Paulo Lima, conhecido como Galo, liderança dos Entregadores Antifascistas, afirmou que o “apagão dos apps”, em referência ao movimento de dois anos atrás, acontecerá na sexta-feira (1º/4).

Outro lado

O iFood diz respeitar o direito de manifestação e que mantém o compromisso de diálogo aberto com os entregadores para buscar melhorias. E que implementou algumas medidas que resultaram dessa troca de conversas, como reajuste de 50% do valor mínimo do quilômetro rodado (R$1 para R$ 1,50) e da taxa mínima (de R$ 5,31 para R$ 6).

A 99 informa que os motoristas de 1.600 cidades passaram a ganhar, desde quarta-feira (23), R$ 0,10 a mais por quilômetro rodado para cada R$ 1 de aumento do combustível, usando como base os valores registrados pela Agência Nacional do Petróleo (ANP).

O Uber não se pronunciou.

fonte:  eassim.com.br

Compartilhe essa informação

Facebook
Twitter
LinkedIn
Pinterest
Telegram
WhatsApp

Notícias Relacionadas

Comente