A Hora da Notícia

Treze pacientes vindos do Amazonas já tiveram alta em hospitais de Maceió

Gif-728x90-Master
BANNER-ANUNCIO-AHORADANOTICIA-JAND (2)

Ao todo, 29 pacientes vieram para a capital alagoana diante do colapso do sistema de saúde de Manaus; HU liberou cinco pacientes nessa terça-feira

Treze pacientes com Covid-19 oriundos do estado do Amazonas já receberam alta na capital alagoana. Ao todo, são 29 pacientes que chegaram a Alagoas no dia 21 de janeiro, quando o sistema de saúde de Manaus entrou em colapso. Eles estão distribuídos entre três hospitais de Maceió. Dois entraram em óbito.

Os hospitais que receberam esses pacientes foram o Hospital da Mulher (HM), o Hospital Metropolitano de Alagoas (HMA) e o Hospital Universitário Professor Alberto Antunes (HUPAA).

O HMA recebeu oito pacientes. Desses, Thifanny Daniel; Anderson José; Francisca Celane Pereira Souza; e Nilvana Cavalcante se recuperaram da doença e receberam alta, segundo a Secretaria de Estado da Saúde (Sesau). Estão em tratamento, ainda, dois pacientes na unidade: um em leito de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e outro em leito clínico. Um homem de 36 anos e uma mulher de 46 faleceram na unidade.

No Hospital da Mulher, seis pacientes de Manaus deram entrada. Dois deles, Israel Gato Serrão e Etiene Silva Oliveira, tiveram alta e retornaram à capital do Amazonas. Os outros quatro seguem internados, divididos entre leitos clínicos e de UTI da unidade. Dois deles têm altas previstas para essa semana, segundo a gerência do hospital.

No HUPAA, foram recebidos quinze pacientes. Até agora, não houve óbitos no Hospital Universitário. Cinco pacientes do Amazonas receberam alta nesta terça-feira (2), e os outros dez seguem hospitalizados, em leitos de UTI e clínicos da unidade.

Segundo o diretor do hospital, Célio Rodrigues, foram disponibilizados 22 leitos em uma ala adaptada para receber esses pacientes, e mais pacientes podem vir para a capital alagoana caso haja demanda maior em Manaus.

Fonte: gazetaweb

Compartilhe essa informação

Facebook
Twitter
LinkedIn
Pinterest
Telegram
WhatsApp

Notícias Relacionadas

Comente