A Hora da Notícia

Treze pacientes vindos do Amazonas já tiveram alta em hospitais de Maceió

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on telegram
Share on whatsapp
PRESTAÇÃO DE CONTAS

Ao todo, 29 pacientes vieram para a capital alagoana diante do colapso do sistema de saúde de Manaus; HU liberou cinco pacientes nessa terça-feira

Hospitais da capital abriram leitos para pacientes vindos do Amazonas após colapso foto: Catarina Magalhães

Treze pacientes com Covid-19 oriundos do estado do Amazonas já receberam alta na capital alagoana. Ao todo, são 29 pacientes que chegaram a Alagoas no dia 21 de janeiro, quando o sistema de saúde de Manaus entrou em colapso. Eles estão distribuídos entre três hospitais de Maceió. Dois entraram em óbito.

Os hospitais que receberam esses pacientes foram o Hospital da Mulher (HM), o Hospital Metropolitano de Alagoas (HMA) e o Hospital Universitário Professor Alberto Antunes (HUPAA).

O HMA recebeu oito pacientes. Desses, Thifanny Daniel; Anderson José; Francisca Celane Pereira Souza; e Nilvana Cavalcante se recuperaram da doença e receberam alta, segundo a Secretaria de Estado da Saúde (Sesau). Estão em tratamento, ainda, dois pacientes na unidade: um em leito de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e outro em leito clínico. Um homem de 36 anos e uma mulher de 46 faleceram na unidade.

No Hospital da Mulher, seis pacientes de Manaus deram entrada. Dois deles, Israel Gato Serrão e Etiene Silva Oliveira, tiveram alta e retornaram à capital do Amazonas. Os outros quatro seguem internados, divididos entre leitos clínicos e de UTI da unidade. Dois deles têm altas previstas para essa semana, segundo a gerência do hospital.

No HUPAA, foram recebidos quinze pacientes. Até agora, não houve óbitos no Hospital Universitário. Cinco pacientes do Amazonas receberam alta nesta terça-feira (2), e os outros dez seguem hospitalizados, em leitos de UTI e clínicos da unidade.

Segundo o diretor do hospital, Célio Rodrigues, foram disponibilizados 22 leitos em uma ala adaptada para receber esses pacientes, e mais pacientes podem vir para a capital alagoana caso haja demanda maior em Manaus.

Fonte: Gazetaweb

Compartilhe essa informação

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest
Share on telegram
Telegram
Share on whatsapp
WhatsApp

Notícias Relacionadas

Comente